Seis meses para acabar o ano e você ainda não passou - Blog do Estúdio Aulas - Curso Online para Concursos, dicas, edital, materiais, questões comentadas, notícias sobre concursos públicos.
Home / Carreiras / Seis meses para acabar o ano e você ainda não passou

Seis meses para acabar o ano e você ainda não passou

Seis meses para acabar o ano e você ainda não passou em nenhum concurso

Você ainda não passou em concurso e só faltam seis meses para acabar o ano e deve estar assustado, porque já estuda há muito tempo. Isso é uma reflexão de muitos candidatos a essa altura do ano. Mas você já se questionou quais são suas fraquezas em provas, o que você fez para melhorar seus pontos fracos, o que falta para você conseguir uma boa pontuação de modo a ficar dentro das vagas do concurso?

Se você já estuda há mais de dois anos e ainda não teve sucesso algum, você pode estar cometendo alguns destes erros:

  • Desespero: já chegou em um nível de desespero, ou seja, você acha que precisa passar logo, daí que todo edital aberto vai lá, se inscreve, faz a prova…e não passa; Não espere o edital abrir para começar a estudar, você dificilmente vai conseguir fechá-lo a tempo.
    Sugestão: Tenha foco. Isso significa saber dizer não a todos os editais que saem, mas que não é aquilo que você deseja, mas acaba fazendo, porque vai que passa, né?!! Não, você não vai passar sem foco.
  • Desorganização: muitos candidatos não têm uma rotina de estudos adequada, não sabem o que vão estudar na segunda, terça, menos ainda no sábado. Quando sentam para estudar, aí que vão rever os cadernos, pdfs, videoaulas, não sabem onde pararam. Não sabem se começam pelas aulas em vídeos ou fazem questões. Sugestão: coloque no papel toda a sua rotina e veja quais horários do dia você está mais disponível, fazendo isso, você consegue visualizar que não é tão ocupado quanto parece e vai ver que tem furtado muito tempo de si mesmo com tarefas que não são producentes.
  • Muda de material o tempo todo: é autoexplicativo. Você baixa tudo que vê na internet, salva todos os links que recebe do Mega, do Drive, tem um mundo de livros, faz rateio, adquiri todo material que promete sua aprovação, até começa a estudar o material novo, mas não termina. Enquanto você estiver mudando de material toda semana, você nunca vai terminar seu edital-base, aquele que você usa para seguir seu roteiro de estudos e, por conseguinte, você estará mais longe da sua aprovação.
    Sugestão: a essa altura de preparação, você já sabe quais os professores são bons, quais materiais valem a pena e quais são mera enrolação. Enxugue seu material de estude e concentre-se no que é bom.
  • Só estuda o que gosta: é a mais clássica da autossabotagem. A sua prova é feita de matérias que você gosta e não gosta, portanto, estude aquilo que você não gosta, que possivelmente, deve ser aquilo que você sabe menos e tem tirado você da lista de aprovados.
    Sugestão: diga a si mesmo que você precisa encarar tal matéria e busque boas referências dela, qual melhor material ou professor. Diga-se comandos positivos de modo que aquele bloqueio de aprendizado que você se impôs nessa matéria “chata” seja quebrado.
  • Excesso de Redes Sociais: uma pesquisa feita por empresas de marketing apontou que passamos em média 3h43 min nas redes sociais. Mais do que o suficiente para se estudar três matérias por dia. Se você tem usado uma ou duas redes sociais com moderação, porque precisa se comunicar com a sua família, ou se manter informado sobre concursos, tudo bem. Mas se você usa as redes sociais para mostrar que está estudando, narrando passo a passo da sua “rotina”, postando as suas horas líquidas de estudos e sua coleção de canetas coloridas, você está usando as redes sociais de maneira equivocada e atraindo para si uma cobrança invisível daqueles que te seguem.
    Sugestão: repense sua exposição excessiva nas redes sociais. Ninguém precisa saber dos seus estudos diários, conte apenas as suas aprovações, seus resultados. Assim, você evita essa cobrança virtual, o famoso “ e aí, já passou”.

Deixo como última sugestão que você crie um ciclo de estudos que, basicamente, envolve teoria, resumo dessa teoria que vai servir como seu material de revisão e questões, faça muitas questões para que você diminua o impacto de surpresas negativas no dia da prova. Boa sorte, candidato.

Por Soraia Cantanhede

Confira também

destaques da semana

Veja os concursos que foram destaques da semana

Veja os concursos que foram destaques da semana A semana dos concursos foi bastante movimentada …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *