Cespe é confirmado para o Concurso STM

Cespe é confirmado para o Concurso STM.

O Superior Tribunal Militar STM assinou contrato com o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos – Cebraspe-Cespe –, nessa semana, para que a banca organize o novo Concurso STM – destinado a técnicos e analistas judiciários – da Justiça Militar da União (JMU).

Participaram da seleção a Fundação Carlos Chagas (FCC), a Fundação Getúlio Vargas (FGV), e o Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Executivo ( Ibade), além do Cespe.

O extrato do contrato deve ser publicado na Imprensa Nacional na próxima segunda-feira, 4 de dezembro. A publicação do edital está programada para ocorrer ainda neste mês dezembro.

O contrato havia sido rescindido entre as partes devido a um erro de ordem técnica referente à forma de pagamento das inscrições do certame.

A Assessoria informou que o contrato com o Cebraspe-Cespe teve que ser desfeito para se adequar às exigências de contratações públicas, pois o contrato anterior, que se deu por dispensa de licitação, continha vício.

Sobre o Concurso STM

O concurso STM será para cargos de nível médio e superior e terá a organização do Cespe. Confira abaixo o quadro de vagas destinadas ao certame.

Vagas de Nível Superior:

Concurso STM

Concurso STM

Cargos de Nível Médio

Concurso STM

Concurso STM

Já para os cargos de nível médio as oportunidades estão assim distribuídas:

Etapas do concurso STM

O documento informa que as etapas para o concurso do STM 2017 serão mediante a aplicação de provas objetivas (conhecimentos básicos e específicos) para todos os cargos de nível superior e de nível médio.

Mas apenas para os cargos de nível superior haverá a aplicação de provas discursivas, que avaliará os conhecimentos básicos e as competências linguísticas dos candidatos.

Provas em todas as capitais

Uma das boas notícias confirmadas com a publicação do projeto básico do concurso do STM foi a de que as provas serão realizadas em todas as capitais.

Além disso, foi confirmada a realização de provas cidades de Juiz de Fora/MG, Santa Maria/RS e Bagé/RS, em turnos diferentes para as provas de nível superior e de nível médio, o que possibilita ao candidato realizar duas provas no mesmo dia, desde que em níveis distintos.

Redação do concurso STM

Prova discursiva terá caráter eliminatório e classificatório, e consistirá de redação de texto dissertativo, de no máximo 30 linhas, sobre tema constante na parte dos conhecimentos básicos definidos no edital de abertura.

A redação será apenas para os cargos de nível superior.

Serão corrigidas considerável quantitativo de vagas, conforme o demonstrativo divulgado:

Concurso STM

 

Concurso STM

Da lotação dos novos servidores

Os candidatos aprovados no concurso STM 2017 poderão ser lotados em qualquer cidade onde há estão sediados o Superior Tribunal Militar e as Auditorias da Justiça Militar da União, a saber:
Rio de Janeiro/RJ, São Paulo/SP, Juiz de Fora/MG, Porto Alegre/RS, Santa Maria/RS, Bagé/RS, Curitiba/PR, Salvador/BA, Recife/PE, Fortaleza/CE, Belém/PA, Manaus/AM, Campo Grande/MS e Brasília/DF.

Da remuneração dos servidores do STM

Concurso STM

Concurso STM

Os novos concursados do STM farão jus à nova remuneração que foi concedida desde o dia 01º de junho deste ano, conforme a seguir:

Último Concurso STM

Em 2010, ocorreu o último concurso do STM com vagas para nível médio e superior, além de cadastro reserva. Na ocasião, foram ofertadas vagas nas seguintes funções:

Nível Superior

Analista Judiciário – Área: Administrativa

Para concorrer neste cargo era necessário ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de Nível Superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Analista Judiciário – Área: Judiciária

Neste cargo era necessário ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível Superior em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Analista Judiciário – Área: Judiciária – Especialidade: Execução de Mandados

Para este cargo também é necessário diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia Civil

Para concorrer a este cargo, o candidato precisa ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Engenharia Civil, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro no órgão de classe.

Analista judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia Elétrica

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de graduação de nível superior em engenharia elétrica, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo ministério da educação, e registro no órgão de classe.

Analista judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia Mecânica

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de graduação de nível superior em Engenharia Mecânica, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo ministério da educação, e registro no órgão de classe.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado –Especialidade:Psicologia

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em psicologia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo ministério da educação, e registro no órgão de classe.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Administração

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em administração, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo ministério da Educação, e registro no órgão de classe.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado –Especialidade: Arquitetura

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em arquitetura, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo ministério da educação, e registro no órgão de classe.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Economia

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em ciências econômicas, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro profissional no órgão de classe.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Medicina 

Ramo: clínica médica Requisitos: diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em medicina, Fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo ministério da educação, registro no órgão De classe, diploma de conclusão de residência médica em clínica médica e/ou título de especialista em Clínica médica.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado –Especialidade: Medicina 

Ramo: geriatria Requisitos: diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em medicina, Fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo ministério da educação, registro no órgão de classe, diploma de conclusão de residência médica em geriatria ou certificado de especialista concedido pela sociedade brasileira de geriatria e gerontologia.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Enfermagem

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em enfermagem, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo ministério da educação, e registro no órgão de classe.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Análise de Sistemas

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior de bacharel na área de tecnologia da informação ou de graduação em qualquer curso de nível superior, Fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo ministério da educação.

Além de ser acrescido de certificado de curso de pós-graduação em área de tecnologia da informação de, no mínimo, 360 horas, fornecido por instituição reconhecida pelo ministério da educação.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado –Especialidade: Biblioteconomia 

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Biblioteconomia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo ministério da Educação, e registro no órgão de classe.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Arquivologia

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em arquivologia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo ministério da educação, e registro na delegacia regional do trabalho.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Restauração

Requisitos: curso de nível superior nas áreas de ciências humanas ou sociais, fornecido por instituição de ensino superior reconhecido pelo ministério da educação, com especialização, ou experiência comprovada, de no mínimo três anos, em preservação de acervos documentais.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Revisor de Texto

Requisito: diploma, devidamente registrado, de curso de nível superior de graduação em letras, com habilitação em língua portuguesa, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Comunicação Social

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior de Bacharel em comunicação social, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da educação, e registro no órgão de classe.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: contabilidade

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em ciências contábeis, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro no órgão de classe.

Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: estatística

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em estatística, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo ministério da educação, e registro no órgão de classe.

Nível Médio

Técnico Judiciário – Área: Administrativa

Requisito: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo ministério da educação.

Técnico Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: contabilidade

Requisitos: certificado, devidamente registrado de conclusão de curso de nível médio de técnico em Contabilidade, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo ministério da educação, e registro no órgão de classe.

Técnico Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: segurança

Requisitos: certificado, devidamente registrado de conclusão de curso de nível médio, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo ministério da educação, acrescido de carteira nacional de Habilitação, categoria “c” ou “d”.

Técnico Judiciário – Área: Apoio Especializado: telecomunicações e Eletricidade

Requisito: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio de técnico em Telecomunicações e eletricidade, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo ministério da Educação.

Técnico Judiciário – Área: Administrativa – Especialidade: Mecânica

Requisito: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio de Técnico em Mecânica expedido por instituição de ensino reconhecida pelo ministério da educação.

Baixe o edital do concurso STM 2010 para ver todo o conteúdo programático.

Jornalista Soraia Cantanhede

Receba por e-mail EM PRIMEIRA MÃO notícias, editais e inscrições para concursos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.