Concurso Gestor DF 2018: definido os cargos do concurso.

Concursos DF 2018. Saiu hoje no Diário Oficial a definição do cargos do Concurso de Gestor, Analista e Técnico em Políticas Públicas do DF. O Concurso Gestor DF 2018 ofertará vagas para cargos de Especialista, Analista e Técnico. Veja abaixo como ficou a distribuição.
Concursos DF 2018

Concursos DF 2018

Concurso Gestor DF 2018

Cargo: Gestor em Políticas Públicas e Gestão Governamental

Especialidades (nível superior )
1) Políticas Públicas;
2) Gestão Governamental;
3) Contabilidade;
4) Tecnologia da Informação e Comunicação.

Cargos e Requisitos

  • Especialista em Políticas Públicas

Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior, em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Atribuições do cargo

Executar atividades que demandem conhecimentos abrangentes em análise de problemas e de políticas
públicas,formulação e seleção de políticas públicas, implementação de políticas públicas, monitoramento e avaliação de políticas públicas, nas diversas áreas, órgãos e unidades de atuação da administração pública.

Descrição detalhada

Analisar políticas públicas; identificar e definir modelos de tomada de decisão em política pública; analisar estratégias e resultados das políticas públicas; identificar e definir tipos de políticas públicas; formular agendas para políticas públicas; formular, implementar, monitorar e avaliar políticas públicas;
promover a transparência.

Bem como, sugerir novos ordenamentos de políticas públicas; promover estudos e parcerias com outros entes da federação e/ou entidades privadas; favorecer e colaborar com outros agentes na gestão e implementação de políticas públicas.

  • Especialista em Gestão Governamental

Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior, em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Atribuições

Executar atividades que demandem conhecimentos abrangentes em análise de problemas de gestão pública, formulação e seleção de modelos de gestão pública, monitoramento e avaliação da gestão pública nas diversas áreas, órgãos e unidades de atuação da administração pública.

Descrição detalhada

Promover a modernização da gestão pública; analisar e aplicar modelos/paradigmas de gestão; desenvolver institucionalmente os órgão de atuação; compreender as mudança organizacional; analisar e aplicar instrumentos gerenciais modernos; avaliar desempenho e resultados; promover sistemas de incentivo e responsabilização; aplicar métodos de flexibilização organizacional e de mecanismos de rede.

Exercer coordenação executiva; promover articulação de ações governamentais e diminuir sua fragmentação; promover e coordenar ações entre órgãos distritais, de outras esferas e da sociedade; proporcionar formas atuais de gestão de serviços públicos; empregar tecnologias de informação e comunicação à gestão pública; promover processos participativos.

E estudar e aplicar modelos contemporâneos de gestão de pessoas; promover a integração entre planejamento, orçamento e gestão; favorecer a modernização dos processos de compras, logísticas e gestão de contratos e convênios; favorecer e colaborar com outros agentes na gestão governamental.

  • Especialista em Contabilidade

Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Contabilidade, fornecido por
instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Atribuições

Executar atividades que demandem conhecimentos especializados em Contabilidade, nos diversos órgãos e unidades da administração pública.

Descrição Detalhada

Elaborar, examinar e analisar balancetes,balanços e demais demonstrativos contábeis e financeiros; emitir relatório técnico de natureza contábil sobre demonstrações patrimoniais e financeiras; orientar e elaborar o plano de contas; participar do planejamento do sistema de registro e operação, atendendo às necessidades administrativas e às exigências legais; avaliar trabalhos de contabilização de documentos.

E mais, participar de trabalhos de análise e conciliação de contas; orientar a classificação e avaliação de despesas; avaliar cálculos de reavaliação do ativo e de depreciação de bens; realizar escrituração regular, oficial ou não, de todos os fatos relativos ao patrimônio e às variações; elaborar relatórios sobre a situação patrimonial, econômica e financeira.

Opinar em processos relacionados com empenhos de despesas, contratos, convênios e outros que envolvam assuntos contábeis e financeiros; calcular índices econômicos e financeiros; conciliar saldo de contas; definir e atualizar procedimentos internos/contábeis; observar o cumprimento de normas, procedimentos e legislação; atuar na elaboração e acompanhamento da execução do orçamento; realizar trabalhos de conferência contábil, quando solicitado.

Contribuir com a elaboração do planejamento e da proposta orçamentária e desempenhar, em ambos, atividades relativas à contabilidade pública; contribuir com o controle da situação financeira e patrimonial; prestar assessoramento técnico em assuntos específicos de Contabilidade.

  • Especialista em Tecnologia da Informação e Comunicação

Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação na área de Tecnologia da Informação e Comunicação fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Atribuições

Executar atividades que demandem conhecimentos especializados em Tecnologia da Informação e Comunicação, nos diversos órgãos e unidades da administração pública.

Descrição Detalhada

Elaborar, acompanhar e revisar a Estratégia Geral de Tecnologia da Informação – EGTI, do Planejamento Estratégico de TI do órgão – PETI e do Plano Diretor de TI do órgão – PDTI; planejar e acompanhar a execução de Plano de Capacitação em TI; mapear processos de TI; gerenciar projetos de TI; planejar a contratação de soluções de TI; acompanhar e revisar processos de contratação de soluções de TI.

Elaborar ou revisar modelos de documentos para planejamento ou gestão de contratos de TI; elaborar,
revisar e acompanhar a Política de Segurança da Informação – POSIC ou outras normas de segurança da informação do órgão; elaborar, acompanhar e revisar normas de gestão de riscos; elaborar, acompanhar e revisar normas de continuidade de serviços públicos (negócios); produzir notas técnicas sobre gestão de TIC; propor normas e procedimentos para a adequada gestão estratégica e corporativa de TIC.

E ainda, especificar, revisar e documentar requisitos de software; homologar sistemas de informação; executar a gestão contratual de soluções de TI; implementar e revisar catálogo de serviços de TI; atuar para a garantia da continuidade dos serviços de infraestrutura, banco de dados, aplicações e segurança de TIC; desenvolver, implementar e controlar soluções de TI; prestar assessoramento técnico-especializado em assuntos específicos de Tecnologia da Informação e Comunicação .

Cargos de Analista de Políticas Públicas ( Nível Superior)

  • Analista Administrativo

Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior, em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Atribuições

Executar atividades técnico-administrativas referentes às áreas de recursos humanos, finanças, orçamento, patrimônio, material, logística, licitações e contratos, transporte, arquivo, documentação,tecnologia da informação, ouvidoria, comunicação e modernização; atender ao público; preparar, conferir, expedir e gerenciar correspondências oficiais; coletar dados e informações; processar dados; analisar e instruir processos.

Descrição Detalhada

Executar atividades técnico-administrativas referentes à manutenção, organização e métodos; operar microcomputadores; efetuar cálculos, coletar, processar e manter dados estatísticos e informações referentes às atribuições do setor de trabalho; acompanhar e controlar expedientes ou processos de interesse do setor de trabalho; preparar, coordenar e acompanhar programas, cronogramas de trabalho e rotinas administrativas; acompanhar e controlar legislação diversa.

E prestar orientação técnica sobre assuntos de interesse do setor de trabalho; solicitar material a ser utilizado no trabalho; observar as normas de higiene e segurança do trabalho; zelar pela conservação dos equipamentos de trabalho; executar outras atividades de mesma natureza e nível de complexidade.

  • Analista Tecnologia da Informação e Comunicação

Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação na área de Tecnologia da Informação e Comunicação fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Atribuições

Executar atividades que demandem conhecimentos técnicos em Tecnologia da Informação e Comunicação, nos diversos órgãos e unidades da administração pública.

Descrição Detalhada

Apoiar a elaboração, o acompanhamento e a revisão da Estratégia Geral de Tecnologia da Informação – EGTI, do Planejamento Estratégico de TI do órgão – PETI e do Plano Diretor de TI do órgão – PDTI; auxiliar e efetivar a execução de Plano de Capacitação em TI; apoiar o mapeamento de processos de TI; apoiar o gerenciamento de projetos de TI; apoiar a elaboração, o acompanhamento e a revisão de processos de contratação de soluções de TI; auxiliar na revisão de modelos de documentos para planejamento ou gestão de contratos de TI.

Apoiar a elaboração, a revisão e o acompanhamento da Política de Segurança da Informação – POSIC ou outras normas de segurança da informação do órgão; apoiar a elaboração, o acompanhamento e a revisão de normas de gestão de riscos; apoiar a elaboração, o acompanhamento e a revisão de normas para continuidade de serviços públicos (negócios); analisar e instruir processos sobre TIC.

Auxiliar a proposição de normas e procedimentos para a adequada gestão estratégica e corporativa de
TIC; apoiar a especificação, a revisão e a documentação de requisitos de software; auxiliar na homologação de sistemas de informação; apoiar a gestão contratual de soluções de TI;

Auxiliar na revisão de catálogo de serviços de TI; apoiar a continuidade dos serviços de infraestrutura, banco de dados, aplicações e segurança de TIC; auxiliar no desenvolvimento, na implementação e no controle de soluções de TI; prestar assessoramento técnico-operacional em assuntos específicos de Tecnologia da Informação e Comunicação.

Cargos de Nível Médio

O Concurso Gestor DF 2018 ofertará vagas para as seguintes especialidades:
1) Assistente Administrativo;
2) Técnico em Turismo;
3) Taxidermista

Confira os requisitos de cada cargo.

  • Assistente Administrativo

Certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio, expedido por instituição educacional reconhecida pelo órgão próprio do sistema de ensino ou certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso técnico de ensino médio, expedido por instituição educacional reconhecida pelo órgão próprio do sistema de ensino.

Atribuições

Executar atividades de apoio visando à melhoria de processos, produtos e serviços; atender ao público;
desempenhar atividades de apoio nas áreas de gestão de pessoas, material e patrimônio, documentação e arquivo, comunicação, modernização da gestão, orçamento e finanças, transporte, logística, convênios e contratos, manutenção e serviços gerais, recepção, assessorias, gabinetes, unidades administrativas diversas, serviços externos e internos.

E prestar informações sobre suas atividades, redigir relatórios, preencher formulários, coletar dados e informações; processar dados; colaborar na análise e instrução de processos; acompanhar e controlar a tramitação de expedientes ou processos de interesse da unidade de trabalho.

  • Técnico em Turismo

Certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio e curso Técnico em Turismo e Hospedagem, expedidos por instituição educacional, reconhecida pelo órgão próprio do sistema, ou curso técnico de nível médio equivalente.

Atribuições

Executar atividades de ensino médio relacionadas à orientação, assistência e condução de pessoas ou grupos durante traslados, passeios, visitas e viagens com ética profissional e respeito ao ambiente, à cultura e à legislação.

E mais, fornecer informações ao público interno e externo sobre serviços e pontos turísticos do DF; informar sobre aspectos socioculturais, históricos, ambientais, geográficos e outros de interesse do turista; participar da elaboração de roteiros turísticos; apresentar ao visitante opções de roteiros e itinerários turísticos.

Recepcionar visitantes; atuar como recepcionista em eventos internos e externos; acompanhar filmagens de divulgação do turismo de Brasília; participar da elaboração do calendário de eventos locais; dar apoio técnico-administrativo aos eventos promovidos pela instituição.

Distribuir material turístico; realizar trabalhos de pesquisa turística; utilizar instrumentos de comunicação, localização, técnicas de condução, interpretação ambiental e cultural; observar horários da programação; adequar programação estabelecida a imprevistos; informar programação geral aos visitantes; explicar aos visitantes normas de conduta a serem observadas.

Orientar visitantes sobre procedimentos de segurança; organizar as atividades do dia; localizar turistas retardatários ou perdidos; prestar primeiros socorros e providenciar assistência médica, quando necessário; ajudar na busca de objetos extraviados; acompanhar turista junto às autoridades para resolver problemas.

Taxidermista

Certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio, expedido por instituição educacional reconhecida pelo órgão próprio do sistema de ensino e curso de aprimoramento na área de Taxidermia com carga horária mínima de 80 horas.

Atribuições

Executar atividades de ensino médio relacionadas à reconstituição de cadáveres de espécimes animais para uso técnico, artístico e de coleções científicas; participar de programas de treinamento e desenvolvimento que envolvam conteúdos relativos à área de atuação.

Descrição Detalhada

Auxiliar corpo técnico-veterinário, quando solicitado; preparar esqueletos; restaurar peças desfiguradas de
museu; restaurar partes mutiladas de peças em uso; pesar e medir o animal antes do procedimento; conservar em via úmida os cadáveres dos animais; reconstituir peça anatômica.

Preparar soluções químicas; introduzir a peça em tanques com soluções químicas; acondicionar animal para trabalho posterior; criar ficha individual do espécime; secar animal; retirar pele do animal; confeccionar moldes; proceder tratamento químico de peles ou partes de animais; montar exemplar; proceder acabamento final do exemplar; limpar e desengordurar a pele; neutralizar a pele; aplicar produto químico para o curtimento da pele; imergir a pele em produto químico; neutralizar o produto do curtimento.

Destrinchar o animal; retirar excesso de carne dos ossos; usar procedimentos de maceração e dermestídios, se houver ambiente apropriado; clarear ossos; secar e montar o esqueleto; pesquisar características do animal e de seu habitat; montar projeto de ambientação; caracterizar comportamento das espécies; preparar material para inserção no diorama; produzir réplicas.

Atuar no desenvolvimento de projetos específicos (museu, educação ambiental); adquirir licenciamento
em órgãos competentes; trocar informações técnicas; administrar banco de dados com informação dos exemplares; etiquetar exemplares; desenvolver taxidermia em série para acervo científico; realizar manutenção de acervo; coletar material para pesquisa; desenvolver ferramentas e acessórios específicos; esterilizar ferramentas.

O Concurso Gestor DF 2018 já está autorizado. O próximo passo será a escolha da banca e em seguida o lançamento do edital. Veja mais sobre os Concursos DF 2018

Concursos Distrito Federal em 2018- Gestão Pública

Uma grande notícia para os concurseiros do DF. No último dia 19 de abril, o governo do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, anunciou novo concurso público para a área de gestão pública- Concursos DF 2018. As informações são do portal Misto Brasília.

Na ocasião, o governador informou que enviou à Câmara Legislativa o projeto de lei para eleição direta dos administradores regionais. Confira os detalhes da notícia logo abaixo.Rollemberg informou, em coletiva à imprensa, que o concurso público será para as carreiras de gestores, analistas e técnicos que ocuparão vagas nas secretarias e nas administrações regionais.

Na coletiva, não foi informado os detalhes sobre número de vagas ou quando o certame poderá acontecer, mas que Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão já está autorizada a contratar empresa organizadora.

Perguntado sobre quando aconteceria o novo concurso para a carreira de Técnicos, Analistas e Gestores, ele explicou que a seleção poderá ser realizado agora, porque há folga no Orçamento e a administração distrital se enquadrou dentro da Lei de Responsabilidade Fiscal.

O governador justificou que, antes de aderir à eleição direta para os cargos nas Administrações regionais é necessário contratar profissionais de perfil técnico e de carreira nas administrações regionais, disso decorre a nova autorização para o concurso que irá contratar Técnicos, Analistas e Gestores na Administração Pública do DF.

Eleição para Administrações Regionais

Esta eleição deverá ocorrer no mesmo período do pleito para governador, deputados e senador, será organizada pelo TRE, mas será realizada somente daqui a quatro anos. O projeto entrará na pauta da CLDF caso seja mantido o veto do governador de um projeto já aprovado pelos deputados distritais. Nesta proposta, a eleição seria realizada três meses após a escolha pelo voto do governador.Concurso Seplag DF

Veja ainda os principais concursos que vão sair no DF em 2018

Concursos DF 2018 começou com a promessa de grandes editais de concursos públicos. Nesse sentido, o Blog do Estúdio Aulas preparou uma lista com os concursos públicos que já estão autorizados- Concursos DF 2018.

Os concursos que devem sair estão com autorização na Lei de Diretrizes Orçamentária de 2018. A LDO distrital foi enviada pelo Chefe do Executivo à Câmara Legislativa do Distrito Federal- CLDF.

Conforme o documento enviado, ficam autorizados os concursos públicos para provimento, ou seja, realização de concursos públicos; bem como ficam autorizadas as nomeações de concursos que estejam com prazo de validade vigente.

Vale destacar que, para que os certames ocorram, é necessário que o GDF não ultrapasse os limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal e tenha disponibilidade financeira em caixa.

O Impacto financeiro previsto a partir das contratações realizadas chega R$220,4 milhões.

O concurso de maior impacto no orçamento é Concurso da Secretaria de Saúde do DF. A LDO prevê 607 vagas, o que levaria a um custo de R$ 106,4 milhões do total do orçamento.

Além da previsão de vagas destinadas ao Poder Executivo, a LDO aprovada autorizou o provimento de 88 vagas para a CLDF, a Casa legislativa não faz concurso há 12 anos.

Dito isto, vamos às seleções autorizadas na Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2018-2019 do Governo do Distrito Federal.Concurso Segplan Go 2018

Concursos DF 2018

Concursos Autorizados

Secretaria de Saúde do DF

Saiu na edição de 02 de janeiro de 2018, do Diário Oficial, a autorização para contratação de Empresa que realizará o Concurso Público para a Carreira de Assistência Pública à Saúde, de Enfermeiros e de Médicos do Quadro de Pessoal do Distrito Federal, a fim de prover 416 (quatrocentos e dezesseis) cargos. Confira no link todos os detalhes do Concurso Secretaria de Saúde do DF 2018.

PROCON DF

Compõe a lista de Concursos DF 2018 o Procon. Foram autorizadas 39 vagas para o PROCON DF, os cargos ainda serão definidos.

Secretaria de Planejamento do Distrito Federal

O Orçamento prevê a contratação imediata de 25 vagas que ainda serão definidas.

Procuradoria-Geral do Distrito Federal

Para a Procuradoria do DF ficam autorizadas 4 vagas para contratação imediata para o cargo de Procurador.

Secretaria de Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulher, Igualdade Racial e Direitos Humanos- SEDEST

Sem dúvida, o Concurso SEDEST será um dos maiores de 2018, no âmbito do GDF. Estão confirmadas 357 vagas destinadas a cargos de nível médio e superior.

Concurso Novacap

Para o novo Concurso Novacap serão ofertadas 96 vagas, sendo 36 para cargos de nível médio/técnico e 60 para cargos que exigem formação superior. Saiba tudo sobre o Concurso Novacap.

Secretaria de Justiça

E dentre os Concursos DF 2018 está confirmado o da Secretaria da Justiça. Estão confirmadas 15 vagas, as funções ainda não foram definidas.

Secretaria de Fazenda

No início de novembro saiu a autorização para o novo Concurso Sefaz DF. A Secretaria está autorizada a realizar Concurso Público para provimento de 40 (quarenta) vagas e cadastro reserva de duas vezes o número de vagas para a Carreira Auditoria Tributária do Distrito Federal. Leia mais sobre o Concurso Sefaz DF.

Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal- ADASA

E entre os Concursos DF 2018, está o novo Concurso Adasa está autorizado para a contratação de 25 vagas imediatas. Conforme a Portaria 48 divulgada no Diário Oficial do DF, o novo concurso deverá ofertar oportunidades para os cargos de Técnico e Analista da Agência.

Secretaria de Segurança Pública

O concurso está autorizado a preencher 200 vagas. Os cargos ainda serão confirmados posteriormente.

Convocações Concursos GDF

A Lei de Diretrizes Orçamentárias prevê, além de novos Concursos DF 2018, conforme exposto acima, nomeações para concursos que estejam em vigor, a saber: Defensoria Pública DF, Secretaria de Cultura, Secretaria da Criança, Metrô, Hemocentro, Secretaria de Saúde, Secretaria de Educação.

GDF autoriza nomeação de 1.183 aprovados em concursos

Em outubro de 2017, o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, em entrevista coletiva dada à imprensa, a autorização de nomeação de candidatos aprovados em concursos públicos nos últimos anos, aqui do Distrito Federal- Concursos GDF 2018.

Conforme anunciou na coletiva, as nomeações serão destinadas aos seguintes órgãos: Procon, Secretaria da Saúde, Metrô, Hemocentro e Secretaria da Cultura, totalizando 1.183 nomeações.

Conforme o Governador, as nomeações respeitarão os critérios já estabelecidos, obedecendo as necessidades de cada área, bem como validade do concurso e os limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal- LRF.

Fica, então, confirmado o seguinte quantitativo de nomeação para cada órgão, a saber:
-Procon – 39 nomeações
-Secretaria da Cultura – 41 nomeações
-Metrô – 188 nomeações;
-Secretaria da Saúde – 836 nomeações; e,
-Fundação Hemocentro – 79 nomeações.

Nomeações Concurso SEDF 2016

Foi divulgado a lista de nomeação dos aprovados no Concurso SEDF, no Diário Oficial do Distrito Federal, na manhã desta quarta-feira, 07 de fevereiro de 2018. A notícia das novas nomeações já havia sido anunciada pelo Blog do Estúdio Aulas aqui, na semana passada- Concurso SEDF Convocações. De acordo com o documento oficial, ficam nomeados 369 candidatos da seguinte forma:

  • técnicos de gestão educacional especialidade apoio administrativo (230)
  • monitores (43)
  • pedagogos orientadores educacionais (40)
  • técnicos de gestão educacional na especialidade secretário escolar (30)
  • analista de gestão educacional especialidade psicologia (20)
  • analista de gestão educacional especialidade tecnologia da informação (6)

 

>>Acesse aqui a lista de nomeações da SEDF

 GDF nomeia aprovados do Hemocentro, Procon e SES DF

E mais uma lista de candidatos aprovados em concursos DF 2018 foi divulgada no Diário Oficial da última semana de outubro, a maior do ano de 2017. As nomeações do GDF são para a Fundação Hemocentro de Brasília,  Procon- DF e Concurso Secretaria de Saúde DF. Clique aqui para ver todas as nomeações GDF.

Nomeações na Saúde

Concurso SES DF

A maior nomeação de aprovados em Concursos DF 2018 desta lista acima fica por conta do Concurso da Secretaria de Saúde do DF. O Governador do Estado deu posse às seguintes carreiras na SES DF:
Cargo mais quantidade de nomeações

-Clínica Médica 701;
-Família E Comunidade 285;
-Dentista 58;
-Psicólogo 51;
-Biomédico 20;
-Assistente Social 23;
-Terapeuta Ocupacional 8;
-Técnico Administrativo 276
-Técnico De Enfermagem 1927
-Técnico De Laboratório – Patologia Clínica 35.

Houve também nomeação de candidatos com deficiência para cargos de nível superior e nível médio.

O nome de todos os nomeados para a SES DF podem ser vistos a partir da página 17 do DODF.

Por que você deve se preparar para o concurso da Secretaria de Saúde do DF 2018?

Os candidatos interessado a uma vaga na Secretaria de Saúde do DF devem aproveitar o ano para iniciar os estudos focados no Concurso Secretaria de Saúde do DF 2018. Segundo informações obtidas pelo Blog do Estúdio Aulas, o ano de 2018 deve ser favorável para concursos e nomeações no âmbito do DF nas áreas de Educação, Saúde e Segurança, além de outros já confirmados como o Concurso SEDEST.

O último concurso SES DF para efetivos, em diversas áreas e carreiras, foi realizado em 2014 e teve a organização do Instituto Americano de Desenvolvimento– IADES. Foram ofertadas 6.334 vagas para todos os níveis de escolaridade. Do total de vagas, 2.534 foram para provimento imediato e 3.800 para cadastro de reserva.

Entre os cargos que devem ser de maior oferta no próximo Concurso Secretaria de Saúde do DF Técnico de Enfermagem e Enfermeiro. Veja abaixo o quantitativo de vagas ofertadas e nomeações do último concurso:

Para o cargo de Técnico Administrativo foram ofertadas 257 vagas no edital, mas com as nomeações de hoje o quantitativo subiu para 276 candidatos nomeados.

Outro cargo de maior necessidade na SES DF, sem dúvida, é o de Técnico em Enfermagem, campeão de nomeações. Vejamos: no edital de 2014, houve a oferta de 656 vagas efetivas, mas com as nomeações de hoje, este número subiu para 1926 Técnicos de Enfermagem nomeados. Número muito acima do oferecido em edital.

Cargo de Nível Superior SES DF

Cargo de Enfermeiro

E dentre Concursos DF 2018, tem o concurso SES DF em que foi ofertado o cargo de Enfermeiro também houve nomeações acima do quantitativo de vagas ofertadas, a saber:

Concursos GDF 2018

Concursos DF 2018

O concurso público para a Secretaria de Saúde ofertou oportunidades para Técnico em Saúde, Médicos, Dentistas, além de diversas especialidades na referida área.

Este concurso lançado em 2014 já está na prorrogação final. Os dados do concurso SES DF mostram que a pasta nomeou, no início de 2015, 1.056 aprovados, os demais nomeados pediram reposicionamento para o final da lista ou a nomeação foi tornada sem efeito. Tem mais Concursos DF 2018.

Veja os cursos voltados ao Concurso SES DF 2018 que o Estúdio Aulas tem para você!

Concurso Secretaria de Educação

Atualmente, há dois Concursos DF 2018 vigentes para a área de Educação do DF: Concurso SEDF Professor Temporário e Concurso SEDF 2016 para efetivos. De acordo com a página oficial do Governo do DF, SEPLAN, ambos os concursos estão homologados. Conforme a LDO 2018, há previsão de nomeações para a SEDF.

O Concurso SEDF Professor Temporário fará um ano em 30 de janeiro de 2018, mas Portaria divulgada no DODF prorrogou por mais um ano a vigência do Concurso, sendo então, válido até janeiro de 2019.

Há, ainda, 900 vagas nos Concursos DF 2018 destinadas para a carreira de assistência à educação: 560 para técnicos em gestão educacional (230 imediatas e 330 para cadastro de reserva), 250 para monitores de gestão educacional (100 imediatas e 150 para cadastro de reserva) e 90 para analistas (40 imediatas e 50 para cadastro de reserva).

Serão muitos concursos DF 2018, é tempo de se preparar. Confira aqui os cursos que o Estúdio Aulas tem para você!

Jornalista Soraia Cantanhede

Receba por e-mail EM PRIMEIRA MÃO notícias, editais e inscrições para concursos!

2 Comentários

  1. Aislan

    Bom dia, não achei a publicação que trouxe os cargos contemplados para o concurso de GPPGG.

    • Aislan

      Achei aqui a publicação. Foi tornada sem efeito essa portaria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.