Saiu o edital do TRF 1.Vagas para o DF e mais 13 estados

Saiu o edital do TRF 1. Vagas para o DF e mais 13 estados.

Saiu o edital do TRF 1. A divulgação consta na página do Diário Oficial da União desta quarta-feira,06 de setembro. Como já previsto em seu projeto básico e divulgado pelo Blog do Estúdio Aulas , veja a matéria completa aqui, o concurso TRF1 terá a oferta de 20 vagas imediatas, além das que vierem surgir durante a validade do certame. As oportunidades são para cargos de nível médio e superior, com chances para o Distrito Federal e mais 13 estados, onde há o alcance da jurisdição do TRF1 (veja na figura do mapa ao final desta matéria).

Dos cargos e remuneração do concurso TRF1

concurso TRF 1 blog estúdio aulas

Sede do TRF 1/ Brasília

O edital do TRF1 traz a oferta de 116 vagas para cargos de técnico judiciário e analista judiciário, deste quantitativo 65 vagas são destinadas a técnicos e 51 para analistas judiciários. O cadastro reserva contará com nada menos do que 6.798 candidatos podem fazer parte do cadastro para convocações, durante o prazo de validade do concurso.

Nível Superior

  • Analista Judiciário – Área: Administrativa– requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC);
  • Analista Judiciário – Área: Judiciária-  Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.
  • Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Informática– Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Informática, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, ou diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, acrescido de curso de especialização na área de Análise de Sistemas, com carga horária mínima de 360 horas.
  • Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Taquigrafia– Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.
  • Analista Judiciário – Área: Judiciária – Especialidade: Oficial De Justiça Avaliador Federal – Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Comentários sobre o edital do TRF 1, hoje, às 15h no canal do Estúdio Aulas no Youtube, o que você precisa saber para passar no concurso TRF1.

Confira nossos cursos voltados especialmente para o Concurso TRF 1, clique aqui e escolha o seu.

Nível Médio Cargo

  • Técnico Judiciário – Área: Administrativa- Requisito: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente.
  • Técnico Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Taquigrafia– Requisito: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente.
  • Técnico Judiciário – Área: Administrativa – Especialidade: Segurança E Transporte – Requisito: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente e Carteira Nacional de Habilitação, categoria “C” ou “D”.

Veja aqui como de se tornar um ALUNO VIP do Estúdio Aulas, por apenas R$89,90.

CURSOS PARA CONCURSOS
ACESSO ILIMITADO A TODOS OS CURSOS DO ESTÚDIO AULA, ACESSE AQUI!

Da remuneração dos servidores do TRF1

A remuneração para todos os cargos de nível superior é de R$ 10.461,90 para uma jornada de 40 horas semanais. Já a remuneração para todos os cargos de nível médio é de R$ 6.376,41 para uma jornada de 40 horas semanais.  Com os benefícios, a remuneração dos cargos de técnico judiciário passa a ser de R$7.320,28. Já os cargos de analista com os benefícios passa para  R$11.063,80.

Do período de inscrição

O período de inscrição do concurso TRF1 começa a partir do dia 13 de setembro seguindo até o dia 3 de outubro de 2017. As inscrições devem ser feitas na página oficial do concurso Cespe AQUI.

O valor da taxa de inscrição é de R$ 75 reais para cargos de técnico judiciário e R$ 86 reais para todos os cargos de analista judiciário.

Da escolha da cidade para realização da prova

As provas objetivas, a prova discursiva, a prova prática de apanhamento taquigráfico, a prova de aptidão física, o procedimento de verificação da condição declarada para concorrer às vagas reservadas aos candidatos negros e a perícia médica dos candidatos que se declararam com deficiência serão realizadas nas cidades de Belém/PA, Belo Horizonte/MG, Boa Vista/RR, Brasília/DF, Cuiabá/MT, Goiânia/GO, Macapá/AP, Manaus/AM, Palmas/TO, Porto Velho/RO, Rio Branco/AC, Salvador/BA, São Luís/MA e Teresina/PI

As provas objetivas e a prova discursiva para os cargos de nível superior terão a duração de 4 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 26 de novembro de 2017, no turno da manhã.

Enquanto que as provas objetivas para os cargos de nível médio terão a duração de 3 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 26 de novembro de 2017, no turno da tarde.

Provas objetivas e redação

Todos os cargos de nível superior e técnico farão provas objetivas com 120 questões em que julgarão CERTO ou ERRADO, sendo que uma questão errada anula uma certa, método Cespe.

Haverá prova discursiva apenas para os cargos de nível superior. A prova discursiva valerá 40,00 pontos e consistirá de redação de texto dissertativo, de até 30 linhas, acerca de um tema da atualidade.

concurso TRF1

O que você não deve fazer na semana da sua prova, acesse aqui.

Do concurso TRF1

Concurso TRF 1 teve seu projeto básico divulgado no último dia 11 de agosto. O Tribunal Regional Federal da 1ª Região divulgou o projeto básico do seu edital de concurso público para provimento de 20 vagas para cargos de técnico judiciário e analista judiciário de provimento efetivo, além do grande número de candidatos que comporão o cadastro reserva. A banca responsável pela realização do concurso é a Cebraspe-Cespe.

No documento estão divulgados os valores da taxa de inscrição, bem como o quantitativo de vagas por estado, abrangido pela jurisdição do TRF 1O concurso contará com reserva de vagas para candidatos com deficiência e para as cotas de pardo/negro. Veja abaixo o projeto básico do concurso TRF 1.

Da lotação dos aprovados no concurso TRF 1

As vagas do concurso TRF 1 são para o DF e os estados onde o Tribunal possui jurisdição, quais sejam: Distrito Federal, Acre, Amazonas, Amapá, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantins.

 

Prepare-se com os melhores cursos online do país. Material em vídeo e pfd atualizado e de acordo com o seu edital, acesse aqui e confira .

Das etapas do concurso

As provas do concurso TRF 1 serão aplicadas em todas as capitais onde o tribunal alcança. As provas serão de responsabilidade do Cespe e terão a seguinte configuração, conforme demonstra o quadro abaixo retirado do projeto básico do TRF 1:

concurso público estúdio aulas

Projeto Básico concurso TRF1

Já as provas para os cargos de nível médio obedecem à seguinte composição:

Concursos públicos estúdio aulas

Projeto Básico concurso TRF 1

A redação, muito temida entre os candidatos, será apenas para os cargos de nível superior. Ainda será definido pela banca se o assunto será de conhecimentos gerais ou específicos de cada cargo. Já os cargos de nível médio não terão redação, e para garantirem uma boa nota precisam sair, de largada, com uma excelente nota objetiva liquida. Vale lembrar que em provas do Cespe uma questão errada anula uma questão certa. Houve provas em que a banca cobrou duas questões erradas para anular uma certa

 Da Remuneração do Concurso TRF 1 

Além da remuneração demonstrada abaixo, os novos servidores receberão ainda os benefícios de auxílio-alimentação, saúde e auxilio- natalidade.

Com os benefícios, os analistas judiciários do TRF 1 farão jus à remuneração de R$ de R$11.063,80. Já os técnicos judiciários receberão inicialmente R$ é R$7.320,28.

Escolha da Banca

TRF 1 escolheu o Cespe como banca do seu próximo concurso. O Tribunal Regional Federal da 1ª Região –TRF1 escolheu, por dispensa de licitação, a banca Cebraspe/Cespe para a realização do 7º concurso para servidores do tribunal. O documento foi publicado na página do TRF 1 nesta sexta-feira, 04 de agosto, conforme a imagem abaixo:

Déficit no TRF 1

De acordo com os dados do próprio TRF 1, existe, atualmente, cerca de 239 cargos vagos nas funções de técnico e analista judiciário.

Os organizadores do 7º concurso TRF 1 estimam que para o cargo de analista haverá 123 mil inscritos. Já para o cargo de técnico judiciário a estimativa é de que pelo menos 177 mil candidatos disputem as vagas do TRF 1.

Último concurso do TRF1

O último concurso do TRF1 foi de responsabilidade da Fundação Carlos Chagas- FCC, em 2016. Na ocasião, o edital ofertou apenas 13 vagas, sendo 4 para o cargo de técnico judiciário e 9 vagas para o cargo de analista judiciárioBaixe aqui o edital.

A distribuição se deu da seguinte forma: Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Arquitetura; Especialidade Biblioteconomia; Especialidade Engenharia Civil; Especialidade Medicina – Clínica Geral; Especialidade Odontologia; Especialidade Informática; e Técnico Judiciário– Área Apoio-Especializado – Especialidade Informática.

Mas, diferentemente do número de vagas ofertadas, o TRF 1 nomeou, nada mais de 1.122 candidatos aprovados.

Sem dúvida, esse é um bom exemplo para o candidato que fica desanimado ao ver o baixo quantitativo de vagas no edital. Os aprovados e nomeados no último concurso TRF1 foram lotados nos estados da Bahia, Minas Gerais, Amapá, Acre e Piauí.

Da abrangência do TRF 1

concurso público estúdio aulas

De azul, a abrangência do TRF1 no mapa.

TRF 1 tem sede em Brasília-DF, mas possui jurisdição nos seguintes estados: Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantins.

Veja aqui o projeto básico do concurso TRF 1acesse .  

O edital com todas as informações do concurso TRF1 podem ser baixadas pelo Diário Oficial, aqui, ou na página do Cespe aqui.

Jornalista: Soraia Cantanhede

 

Receba por e-mail EM PRIMEIRA MÃO notícias, editais e inscrições para concursos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.