Sefin RO escolhe FGV para realizar novo concurso

A Sefin RO confirmou a FGV para realizar seu novo concurso para os cargos de Auditoria, Técnico Tributário e Contador.

concurso sefin-ro

A Sefin RO escolheu a FGV para realizar o novo concurso do órgão. A Secretaria de Estado de Finanças do estado de Rondônia Sefin RO divulgou processo em que contrata por dispensa de licitação a banca Fundação Getúlio Vargas – FGV para a realização de novo concurso para a carreira de Auditor Fiscal  de Tributos, Técnico Tributário Estadual e Contador.

Segundo as informações divulgadas no documento, o novo concurso da Sefin RO terá 62 vagas, obedecendo a seguinte divisão: 30 servidores serão lotados nos cargos de Auditor Fiscal de Tributos,30 vagas destinadas à função de Técnico Tributário Estadual e 2 vagas para o cargo de Contador.

Grandes concursos em Rondônia
De acordo com a Superintendência de Recursos Humanos de Rondônia, os concursos públicos nas área de Auditoria e Planejamento, cargos de técnicos e especialistas de gestão, já tinham previsão de serem lançados este ano.  A Secretaria espera lançar , ainda este ano, concurso público para a Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão, para a Superintendência Estadual de Assuntos Estratégicos e para a Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação, para níveis médio e superior. Atualmente, a Sefin-RO tem um quadro de 265 Auditores Fiscais, 22 Auxiliares de Serviços Fiscais e 143 Técnicos Tributários.

Da Remuneração dos cargos da Sefin-RO
A remuneração do cargo de Técnico Tributário é de R$ 7.343,84 inicial. Já a remuneração do Auditor Fiscal é de até R$ 25.300,00. Para ambos os cargos é exigido formação superior, mas para desempenhar a função de Auditor é necessário ter formação em Direito, Contabilidade, Economia e Administração. Já para a função de Técnico Tributário o candidato pode ter formação superior em qualquer área do conhecimento.

Último concurso da Sefin-RO
O último concurso da Sefin-RO foi realizado, em 2009, sob a responsabilidade da Fundação Carlos Chagas – FCC. À época foi oferecida 50 vagas no edital para o cargo de Auditor Fiscal. Os candidatos foram submetidos a provas objetivas de 100 questões de múltipla escolha, nas disciplinas de Matemática Financeira, Português, Informática, Estatística, Economia, Geografia, História de Rondônia, Contabilidade Geral, Direito Tributário, Sistema Tributário Nacional, legislação Tributária, Contabilidade de Custos, Direito Administrativo, Direito Penal, Civil, Constitucional e Comercial. A remuneração para este cargo foi de R$ 15 mil inicial.

Por Soraia Cantanhede

Receba por e-mail EM PRIMEIRA MÃO notícias, editais e inscrições para concursos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.