Projeto cria 842 vagas para o Ministério Público

Mais vagas MPF. Projeto que cria 842 vagas para o Ministério Público Federal está em tramitação na Câmara dos Deputados. O Projeto de lei de nº 6006/2016 dispõe sobre a criação, no Quadro de Pessoal do Ministério Público Federal, de cargos de Procurador Regional da República, de Analista e de Técnico do Ministério Público da União, bem como de cargos em comissão e funções de confiança. Pelo projeto, as novas vagas MPF deverão ser preenchidas mediante concurso público.vagas mpf

Vagas MPF

De acordo com o Projeto de Lei, do total de vagas, 501 são destinadas para função de Técnico, 207 para Analista e 134 para Procurador.

Conforme dados do Ministério da Transparência, o déficit atual de vagas MPF é de 1.558 servidores. As vacâncias do MPF são preenchidas via concurso público Ministério Público da União (MPU).

Concurso do Ministério Público da União

O novo concurso do MPU ofertada cerca de 47 vagas distribuídas entres os cargos de Técnico de Administração, de nível médio; e Analista em Direito, para formados na área. As remunerações chegam a R$11.916,90 para analistas e  R$ 6.862,72 para Técnico.

Prazo de Inscrição MPU

Será admitida a inscrição somente via internet, no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/mpu_18, solicitada no período entre 10 horas do dia 23 de agosto de
2018 e 18 horas do dia 10 de setembro de 2018 (horário oficial de Brasília/DF).

O valor da taxa de inscrição está fixado da seguinte maneira:
a) Analista do MPU: R$ 60,00;
b) Técnico do MPU: R$ 55,00.

Fases da seleção

Conforme dispõe o edital MPU 2018, todos os candidatos do concurso MPU serão submetidos a provas objetivas no dia 21 de outubro. As provas serão aplicadas nos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal.

Pelo edital, os candidatos serão submetidos a 120 questões, sendo 50 de Conhecimentos Básicos e 70 de Conhecimentos Específicos.

As provas objetivas e a prova discursiva para o cargo de Analista do MPU terão a duração
de 4 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 21 de outubro de 2018, no turno da
manhã.

Haverá a aplicação de prova discursiva, PARA ANALISTA DO MPU APENAS,  que valerá 40,00 pontos e consistirá de dissertação, de até 30 linhas, sobre o tema Legislação aplicada ao MPU e ao CNMP, constante dos Conhecimentos Básicos.

As provas objetivas para o cargo de Técnico do MPU terão a duração de 3 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 21 de outubro de 2018, no turno da tarde. 

Conhecimentos exigidos

Para Técnico e Analista

  • LÍNGUA PORTUGUESA
  • ACESSIBILIDADE
  • ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO
  • LEGISLAÇÃO APLICADA AO MPU E AO CNMP

Específico de Analista

  • DIREITO ADMINISTRATIVO
  • DIREITO CONSTITUCIONAL
  • DIREITO DO TRABALHO
  • DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO
  • DIREITO CIVIL
  • DIREITO PROCESSUAL CIVIL
  • DIREITO PENAL
  • DIREITO PROCESSUAL PENAL
  • DIREITO PENAL MILITAR
  • DIREITO PROCESSUAL PENAL MILITAR

Específico de Técnico

  • NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO
  • NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL
  • NOÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO
  • NOÇÕES DE ARQUIVOLOGIA
  • NOÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO ORÇAMENTÁRIA, FINANCEIRA E ORÇAMENTO
    PÚBLICO

Requisitos e Atribuições do Cargo

ANALISTA DO MPU – ESPECIALIDADE: DIREITO

Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Atribuições

Assessorar os membros e chefias na coordenação e supervisão das atividades de processos judiciais e administrativos e de procedimentos extrajudiciais; planejar e executar tarefas relativas à análise jurídica de atos, documentos, processos judiciais e administrativos e de procedimentos extrajudiciais, produzindo os atos e documentos pertinentes; elaborar minutas de petições, denúncias, recursos, acordos judiciais ou extrajudiciais, termos de ajustamento de conduta, decisões, despachos, pareceres, notas técnicas, notificações, votos e atos congêneres, bem como manifestações jurídicas para subsidiar decisão administrativa; receber, analisar, acompanhar e dar andamento a processos e a outros documentos.

E ainda, auxiliar na instrução de processos, procedimentos e inquéritos civis e analisar inquéritos policiais; controlar prazos prescricionais; proceder à oitiva de vítimas, testemunhas e quaisquer outras pessoas que possam, direta ou indiretamente, colaborar com a instrução processual, reduzindo a termo suas declarações; realizar análise prévia e triagem de representações, denúncias, processos e procedimentos; realizar pesquisa, seleção, indexação e estudo de legislação, doutrina e jurisprudência; acompanhar a atualização legislativa; observar os prazos processuais e de conclusão de investigações; conferir atos e andamentos processuais; providenciar o cumprimento de decisões e despachos; atuar na manualização de processos e na elaboração de instrumentos normativos; e acompanhar a tramitação de processos judiciais e administrativos e de procedimentos extrajudiciais.

TÉCNICO DO MPU – ESPECIALIDADE: ADMINISTRAÇÃO

Certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau), expedido por instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente.

Auxiliar, dentro ou fora do ambiente da sede de trabalho, os membros e as chefias em processos judiciais e administrativos e em procedimentos extrajudiciais; atuar em processos judiciais e administrativos e em procedimentos extrajudiciais; auxiliar os membros e as chefias em eventos oficiais, audiências e diligências; elaborar e analisar informações, certidões, declarações, relatórios e documentos congêneres; elaborar minutas de atos administrativos e normativos.

Atuar em planos, programas, projetos e convênios; atuar na gestão de contratos, quando formalmente
designado; realizar estudos, pesquisas e levantamentos de dados; participar de reuniões, comissões,
grupos e equipes de trabalho; participar do planejamento estratégico institucional e dos planos da sua
unidade de atuação.

Além de observar e zelar pela segurança institucional no âmbito de sua área de atuação;
atender o público interno e externo por telefone, correio eletrônico ou presencialmente; prestar
informações sobre a localização e tramitação de processos e documentos; orientar quanto à aplicação das normas internas ou de sua área de atuação; contribuir para a melhoria contínua dos processos e rotinas de trabalho; orientar e supervisionar estagiários e aprendizes; inserir dados e utilizar os sistemas de informação corporativos; observar e zelar pelo cumprimento dos prazos; realizar tarefas de expediente.

E realizar atividades relativas à instrução, tramitação e movimentação de processos, procedimentos e
documentos; manter e controlar o arquivo setorial; e executar demais atividades necessárias ao
desempenho do cargo ou outras que eventualmente venham a ser determinadas pela autoridade
competente, sempre respeitando, quando for o caso, os limites impostos pelos órgãos de classe.

>>ACESSE O EDITAL DO MPU 2018

Acompanhe aqui os principais concursos públicos abertos no Brasil

Acompanhe diariamente nossa página para ficar por dentro dos principais editais e Concursos públicos abertos no Brasil e sobre Vagas MPF. E lembre-se de assinar nosso canal do YouTube para ter acesso aos nossos aulões online, ao vivo e gratuitos, lá tem muita dica para você arrebentar no concurso que você quer fazer. Acesse aqui.

Assessoria de Comunicação Estúdio Aulas

Receba por e-mail EM PRIMEIRA MÃO notícias, editais e inscrições para concursos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.