Como passar no STM: o que você precisa saber antes da prova!

Olá, Futuro Servidor do STM. Aposto que você disse um amém :). Vamos dar uma dica importantíssima sobre como passar no STM. Hoje resolvemos fazer uma radiografia de como foi a última prova cobrada pela banca Cespe para o cargo de Técnico Judiciário- Área Administrativa.

Vamos destacar o que foi cobrado no edital, e como foi o percentual de cobrança desses itens na prova. Desse modo, você poderá dar um enfoque maior em determinadas disciplinas, mas sem esquecer as demais, tudo bem?!

No último edital, a banca também foi Cespe, o que facilita seus estudos, haja vista que a banca tem um perfil bastante coeso em suas provas ao longo do tempo. Ou seja, já sabemos o que ela mais gosta de cobrar em Português, por exemplo. Como ela cobra a parte de Direito e assim por diante.

Antes de começarmos, é importante que você saiba que no último edital do concurso do STM, houve uma oferta de 153 vagas para cargos de Técnico Judiciário e Analista Judiciário. Mas durante a validade do Concurso, o Tribunal Militar nomeou nada menos do que 773 aprovados para diversas funções.

Os aprovados foram nomeados para diversas cidades, a saber: Bagé- RS, Belém-PA, Brasília-DF, Campo Grande-MS, Curitiba-PR, Fortaleza-CE, Juiz de Fora- MG, Manaus-AM, Porto Alegre-RS, Rio de Janeiro- RJ, Salvador-BA, Santa Maria-RS e São Paulo-SP.

Outra informação não menos importante, é a remuneração do concurso STM. Para os cargos de Analista Judiciário a remuneração inicial é de R$ 11.006,83. Já para o nosso cargo em questão,Técnico Judiciário, a remuneração inicial é de R$ 6.708,53.

À remuneração serão acrescidos benefícios próprios da carreira, como auxílio alimentação, no valor de R$ 884,00. Além de outros benefícios e gratificações previstas em lei.

[divider style=”solid” top=”20″ bottom=”20″]

Como passar no STM

[divider style=”solid” top=”20″ bottom=”20″]

Como passar no STM

 

A gente começa esse artigo sobre como passar no STM, falando da última prova aplicada em 2011. Na prova do Superior Tribunal Militar, a banca Cespe cobrou as seguintes matérias para o cargo de Técnico Judiciário- Área Administrativa:
Prova de Técnico Judiciário STM-2011

Parte Básica

  • Português
  • Informática
  • Atualidades
  • Organização da Justiça Militar

Parte Específica

  • Direito Constitucional
  • Direito Administrativo
  • Direito Financeiro
  • Legislação
  • Arquivologia
  • Gestão de Pessoas
  • Administração Geral
  • Ética na Administração Pública
  • Atendimento ao Público

Na parte básica exigida, a banca cobrou o seguinte quantitativo por disciplina, veja:

60 Questões da Parte Básica

  • Português – 15 questões ( foque em interpretação e gramática aplicada ao texto)
  • Informática – 8 questões ( houve equilíbrio entre os itens cobrados)
  • Atualidade – 7 questões ( houve equilíbrio entre os itens cobrados)
  • Organização da justiça militar – 30 questões, divididas da seguinte forma:
    – Código de Ética dos Servidores da Justiça Militar da União ( parte mais cobrada no quesito organização da justiça militar)
    – Disposições Gerais, Transitórias e Finais
    – Órgãos de Primeira Instância da Justiça Militar
    – Serviços Auxiliares da Justiça Militar da União
    – Superior Tribunal Militar

60 Questões da Parte Especifica

  • Direito Constitucional- 7 questões ( houve equilíbrio entre os itens cobrados)
  • Direito Administrativo- 6 questões ( houve equilíbrio entre os itens cobrados)
  • Direito Financeiro – 1 questão (houve equilíbrio entre os itens cobrados)
  • Legislação dos TRFs, STJ, STF e CNJ- 1 questão ( houve equilíbrio entre os itens cobrados)
  • Arquivologia -15 questões ( gestão de documentos e tabela de temporalidade foram mais cobradas)
  • Gestão de Pessoas – 11 questões ( comportamento na organização e trabalho em equipe foram mais cobrados)
  • Administração Geral – 1 questão ( houve equilíbrio entre os itens cobrados)
  • Ética na Administração Pública- 9 questões ( código de ética do STM foi mais cobrado )
  • Atendimento ao Público- 9 questões ( Qualidade no Atendimento foi o mais cobrado)

Nota de corte do concurso STM

Outra dica importante sobre como passar no STM tem a ver com a nota de corte. Ela é a margem de acerto que o candidato precisa ter, minimamente, para figurar entre os candidatos aprovados. No edital, a nota costuma ser em torno de 36 pontos líquidos, mas como você verá a seguir, a nota final é sempre maior do que a prevista pela banca.

Para a cidade de Brasília, o primeiro colocado no último Concurso STM tirou nota líquida de 97.53. Enquanto que o último colocado que tomou posse, tirou nota líquida de 73.13. Mais de 20 pontos de diferença entre o primeiro e o último nomeado. Vale lembrar que a nota de corte pode variar a depender da cidade para a qual se concorre.

A cidade de Brasília, em regra, tem sempre a nota de corte mais alto do país.

Mas há de se considerar que as provas têm alcançados notas de corte consideráveis, vide o concurso da ANVISA 2016, banca Cespe, em que a nota de corte, ou seja, o último que entrou na lista de aprovados, fez 90 pontos líquidos.

Como passar no STM

Como passar no STM

Concurso STM 2017/2018

Já no edital do novo concurso do STM, a banca Cespe exigiu de diferente, apenas a Lei que versa sobre Acessibilidade foi introduzida na parte básica:

Conhecimentos Básicos
Língua Portuguesa
Organização Da Justiça Militar Da União
Ética No Serviço Público
Acessibilidade
Noções De Direito Constitucional
Noções De Direito Administrativo
Qualidade No Atendimento Ao Público E Trabalho Em Equipe
Noções De Informática

Conhecimentos Específicos 

Noções De Arquivologia
Noções De Administração Geral E Pública
Noções De Administração Financeira E Orçamentária
Noções De Direito Administrativo

A dica é que você revise bastante esses conteúdos e faça questão, priorizando o que a banca mais gosta/pode cobrar na sua prova, com base no modelo da prova de 2011.

Priorizar significa dar maior importância a determinadas matérias, mas sempre estudando as demais para que haja o equilíbrio.

Em fóruns de concurso, quando se questiona como passar no STM, a pergunta que muitos concurseiros fazem é: Qual será a nota de corte do novo concurso do STM?

Não há como saber sem ter feito a prova, pois que, a depender do nível de exigência da banca, é que poderemos saber/arriscar qual será a nota de corte do concurso do Superior Tribunal Militar.

Mas vá para a prova, sabendo que você fez o seu melhor durante a sua preparação. Não se compare. Cada preparação é diferente por inúmeras razões. Há quem estude 10 horas líquidas e não vai passar, mas há quem estude apenas 2 horas por dia e esteja entre os aprovados.

Tudo depende de quão focado você está para esse concurso e , sobretudo, do seu controle emocional na semana e no dia da prova. Esse último quesito, sem dúvida, pode ser a linha que separa os aprovados dos não aprovados.

E se você quer saber sobre as Técnicas de Estudo para Concurso mais utilizadas pelos aprovados, clique aqui.

Por hoje é só, concurseiro/a. Compartilhe esse artigo com algum amigo que precisa de uma ajudinha nos estudos e saber com qual técnica ele consegue estudar melhor.

E se você está pensando em passar em um concurso bom e ganhar estabilidade, que tal você conhecer todos os nossos cursos que nós temos aqui no Estúdio Aulas e aprender com os melhores professores?

>>> Clique aqui e conheça todos os nossos cursos para concursos.

*O artigo poderá ser reproduzido, mediante citação da fonte: Blog do Estúdio Aulas

Jornalista Soraia Cantanhede

Receba por e-mail EM PRIMEIRA MÃO notícias, editais e inscrições para concursos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.