Concurso da Câmara de BH tem data da prova adiada

O Concurso da Câmara de BH terá a data da prova para o cargo de nível médio – Técnico Legislativo II adiada. O comunicado foi feito pelo presidente da Câmara Municipal, Vereador Henrique Braga.

A mudança da data da aplicação da prova teve como justificativa o alto número de inscritos para o respectivo cargo que ultrapassou quatro vezes a estimativa constante no processo licitatório.

A nova data será o dia 18 de março de 2018, às 13:15h, apenas para o cargo de Técnico Legislativo II, os demais cargos permanecem inalterados.

O candidato poderá também requerer a devolução da taxa de inscrição do Concurso da Câmara de BH, caso se sinta prejudicado e não queira mais continuar no certame.

Veja aqui como de se tornar um ALUNO VIP
do Estúdio Aulas por apenas R$89,90

Concurso da Câmara de BH

Aluno VIP Estúdio Aulas

Concurso da Câmara de BH

No final de setembro, a Câmara Municipal de Belo Horizonte lançou edital de concurso público para provimento de cargo efetivo- Concurso Câmara de BH. A publicação foi feita no Diário Oficial do Município de Belo Horizonte. A organização e realização do concurso está a cargo da banca Consulplan.

Cargos do Concurso

concurso da Câmara de BH oferta vagas para cargos de nível médio e superior.

Nível superior

Para concorrer ao cargo de nível superior é necessário formação específica na área pretendida, com exceção do cargo de Consultor Legislativo que exige apenas curso superior em qualquer área.

-Analista de Tecnologia da Informação – áreas de Desenvolvimento de Sistema e de Infraestrutura de Tecnologia da Informação ;
-Arquivista
Consultor Legislativo – áreas:
Administração Pública,
Orçamento e Finanças;
Ciências Sociais e Políticas;
Saúde Pública
Coordenador do Processo Legislativo
-Dentista
-Engenheiro Civil
-Médico Clínico
-Procurador
-Psicólogo – áreas Clínica e Organizacional
-Redator

Nível médio

-Técnico de Enfermagem
-Técnico de Saúde Bucal
-Técnico de Segurança do Trabalho;
-Técnico Legislativo II

Já para os cargos de técnico é necessário ensino médio completo, além do curso técnico para os cargos de Técnico em Enfermagem, Saúde Bucal e Técnico de Segurança do Trabalho. Para o cargo de técnico legislativo é suficiente apenas o ensino médio completo.

Remuneração dos servidores da Câmara de BH

A remuneração dos futuros servidores está assim definida em edital:
para os cargos de Técnico de Enfermagem, Técnico de Saúde Bucal, Técnico de Segurança do Trabalho e Técnico Legislativo II a remuneração inicial é de R$ 3.187,25

Para os cargos de nível superior de Analista de Tecnologia da Informação, Arquivista, Consultor Legislativo, Coordenador do Processo Legislativo, Dentista, Engenheiro Civil, Médico Clínico, Psicólogo e Redator, a remuneração inicial é de R$ 5.561,00.

O cargo de Procurador tem remuneração inicial R$ 7.853,62.

Além da remuneração, os servidores farão jus aos seguintes benefícios:
a) Auxílio-Alimentação no valor de R$ 30,25 por dia útil efetivamente trabalhado. Base legal: Lei Municipal nº 9.936/2013;
b) Auxílio-Creche parcialmente subsidiado pela CMBH. Base legal: Lei Municipal nº 7.863/1999 (art. 85, § 3º);
c) Auxílio-Transporte parcialmente subsidiado pela CMBH. Base legal: Lei Federal nº 7.418/1985, regulamentada pela Deliberação nº 12/2005;
d) Plano de saúde parcialmente subsidiado pela CMBH. Base legal: Lei Municipal nº 10.107/2011, regulamentada pela Deliberação nº 2/2012.

Carga horária

Todos os candidatos nomeados serão submetidos à carga horária de 30h semanais.

Aplicação das provas do concurso Câmara de BH

A aplicação das provas estão previstas para serem aplicadas na data de 18/02/2017, com exceção do cargo de Técnico Legislativo II, que terá prova aplicada no dia 18 de março na capital mineira. O horário e o local das provas serão informados no documento comprobatório da inscrição e divulgados para consulta no site da Consulplan.

As provas para todos os cargos de técnico terão a seguinte composição:concurso camara de bh
Para os cargos de nível superior a prova terá a seguinte estrutura:concursos minas gerais

As provas objetivas e discursivas terão o seguinte peso na avaliação:
a) a cada questão da prova objetiva serão atribuídos 2 (dois) pontos;
b) as provas discursivas terão peso 3 (a nota final do candidato nas provas discursivas será multiplicada por três). Cada questão será composta por quatro alternativa, sendo apenas uma correta.

Todas as informações acerca das atribuições dos cargos, bem como o conteúdo programático podem ser obtidos, clicando-se aqui

Jornalista Soraia Cantanhede

Receba por e-mail EM PRIMEIRA MÃO notícias, editais e inscrições para concursos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.