Autorizado o novo concurso do IBGE com 234 mil vagas para todos os níveis.

Concurso IBGE 2019. Agora são três editais! O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) está novamente a abrir concurso público, os aprovados vão compor a força de trabalho atuar no censo demográfico 2020.Concurso IBGE Censo 2020

Concurso IBGE 2019

A autorização do novo concurso IBGE para Censo 2020 consta na edição de hoje, 06 de maio, do Diário Oficial da União. Conforme o documento, estão sendo autorizadas 234.416 vagas para candidatos de todos os níveis de escolaridade: fundamental, médio e superior.

O documento que concede autorização para o Concurso IBGE 2019 informa que os profissionais poderão ser contratados a partir de janeiro de 2020 para atuar no Censo.

O prazo de duração dos contratos deverá ser de até 1 (um) ano, período que pode ser prorrogado, desde que a prorrogação seja devidamente justificada com base nas necessidades de conclusão das atividades do Censo.

O prazo para publicação do edital de abertura de inscrições do concurso IBGE 2019 será de até 6 (seis) meses, contado a partir de hoje, 06 de maio, ou seja, o certame deverá sair até o dia 06 de novembro. O IBGE definirá a remuneração dos profissionais a serem contratados em conformidade com legislação vigente.

Quais os cargos do novo concurso IBGE 2019?

Conforme o documento publicado no DOU, ficam ofertados 234.416 vagas para candidatos de todos os níveis de escolaridade: fundamental, médio e superior, para o processo seletivo simplificado.

O salário para os cargos ainda serão definidos pelo IBGE.

Todavia, de acordo com o último concurso para o Censo Demográfico de 2010, o salário foi de R$2.058 para os agentes censitários e supervisores; R$2.158 para o cargo de agente de informática; R$2.358 para agentes municipais; R$1.958 para agentes administrativos; e R$2.958 para agentes regionais.

Segundo Edital IBGE 2019 autorizado

Saiu a banca organizadora do novo concurso IBGE 2019. O processo seletivo contará com vagas de nível fundamental e nível médio. O certame ofertará diversas oportunidades, a expectativa é de vagas para todo o país, em decorrência do censo demográfico 2020 que se aproxima.

Abaixo você confere os cargos do Concurso IBGE 2019. De acordo com o projeto básico, ficam ofertadas as seguintes vagas:

Concurso IBGE Temporários vagas

O prazo para publicação do edital de abertura de inscrições para o processo seletivo simplificado será de até seis meses. O prazo de duração dos contratos deverá ser de até um ano, prorrogável, desde que a prorrogação seja devidamente justificada. A previsão é de que os candidatos selecionados sejam contratados a partir de julho

Vale destacar que os aprovados nesse concurso vão atuar no Censo Experimental. O Censo Experimental funcional como um teste para a pesquisa do Censo Demográfico de 2020. Conforme informou o IBGE, o Censo Experimental deverá acontecer entre setembro e novembro.  O certame abrirá oportunidades para agente regional e administrativo.

Remuneração do Concurso IBGE para temporários

O Projeto Básico do concurso IBGE para temporários apresenta ainda as remuneração previstas para cada cargo da seleção, a saber:

  • Coordenador Censitário de Subárea – CCS – R$ 4.000,00 (Contrato de no máximo 12 meses)
  • Agente Censitário Operacional – ACO – R$ 1.800,00 (Contrato de no máximo 12 meses)
  • Agente Censitário Municipal – ACM – R$ 2.400,00 (Contrato de no máximo 6 meses)
  • Agente Censitário Supervisor – ACS – R$ 2.000,00 (Contrato de no máximo 5,5 meses)
  • Recenseador – R$ 1.100,00, o cargo recebe por produção, este valor é uma estimativa (Contrato de no máximo 2 meses).

A banca organizadora do concurso IBGE já foi divulgada e será o Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (IBADE) a organizador do certame. Para este concurso, o deverá ser publicado logo. Clique no link abaixo para ver o projeto básico do concurso.

Clique para saber mais sobre o concurso IBGE para nível fundamental e médio

Terceiro Edital Concurso IBGE – Nível Superior

O Ministério da Economia autorizou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a abrir um novo edital de concurso público com o objetivo de preencher 400 vagas no cargo de Analista Censitário.

O edital do concurso ibge para nível superior tem como objetivo o Censo Demográfico 2020. Os analistas censitários poderão ser contratados a partir de setembro de 2019 para atuarem nas etapas de planejamento, acompanhamento e suporte especializado, relativas ao Censo Demográfico 2020.

Conforme o do documento autorizativo aqui, o prazo para a publicação do edital de abertura de inscrições para o processo seletivo simplificado será de até 6 (seis) meses, contado a partir da publicação da portaria, ou seja, até 30 de outubro de 2019. O prazo dos contratos dos Analistas será de até 1 (um) ano.

Último edital do IBGE

Em 2017, o IBGE lançou seleções ( Edital IBGE 2017) com cerca de 30 mil vagas. De acordo com um dos editais de concurso IBGE 2017o cargo de Recenseador contou com o maior quantitativo de vagas – foram 18.845 vagas no total -.

O cargo de Recenseador exige apenas o curso de nível fundamental completo para a sua participação. O restante das vagas foram distribuídas entre os cargos de Agente Censitário Municipal (1.272 vagas) e Agente Censitário Supervisor (4.867 vagas), ambos com requisito de nível médio e salários de R$1.900,00 e R$1.600,00, respectivamente.

Além do salário, os Agentes do IBGE têm direito ao ao auxílio-alimentação (R$458), auxílio transporte, férias e 13º salário proporcional.

A remuneração de Recenseador será por produção, calculada por setor censitário, conforme taxa fixada e de conhecimento prévio pelo cargo, com base nas quantidades de unidades de estabelecimentos agropecuários recenseados.

Os contratos foram assinados por até 07 (sete) meses para Agente Censitário Municipal e Agente Censitário Supervisor e até 05 (cinco) meses para Recenseador. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais, sendo 08 horas/dia, com exceção do cargo de Recenseador, que terá jornada de 25 horas semanais, além da participação integral e obrigatória no treinamento.

Em seu último concurso para cargos de nível superior, o IBGE lançou vagas para o cargo de Analista Censitário, cujo requisito é de nível superior. 

As vagas foram destinadas às áreas de:

  • Análise de Sistemas – Desenvolvimento de Aplicações (8 vagas),
  • Análise de Sistemas – Desenvolvimento de Aplicações Web Mobile (4 vagas),
  • Análise de Sistemas – Suporte à Comunicação e Rede (02 vagas),
  • Análise de Sistemas/ Suporte à Produção (04 vagas),
  • Análise de Sistemas – Suporte Operacional e de Tecnologia (02 vagas),
  • Agronomia (27 vagas), Ciências Contábeis (07 vagas),
  • Geoprocessamento (07 vagas),
  • Gestão e Infraestrutura (63 vagas),
  • Jornalismo (12 vagas),
  • Logística (2 vagas),
  • Análise Socioeconômica (08 vagas),
  • Biblioteconomia e Documentação (02 vagas),
  • Métodos Quantitativos (6 vagas),
  • Produção Gráfica – Editorial (2 vagas),
  • Programação Visual – Webdesign (12 vagas) e
  • Recursos Humanos (5 vagas). 

Na ocasião, os salários chegavam até R$ 4.000,00, além dos benefícios.

Novo concurso IBGE edital superior aqui

IBGE para Temporários

O último certame para cargos temporários, promovido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, ocorreu em 2017 e ofertou um total de 26 mil vagas, divididas entre os cargos de Analista, Agente Censitário e Recenseador.

Na ocasião, foram publicados dois editais que dividiram as vagas nos respectivos cargos. Confira abaixo um resumo de cada um:

O edital 1 ofereceu 1.039 vagas e o prazo de duração dos contratos foi de 13 meses para a função de Analista Censitário; 10 meses para Agente Censitário Administrativo; 9 meses para Agente Censitário Regional; e 7 meses para Agente Censitário de Informática.

Os contratos poderiam ser prorrogados por igual período de acordo com a necessidade do trabalho ou disponibilidade de recursos orçamentários.

Agente Censitário Municipal

Entre as funções do Agente Censitário constam a de instalar, organizar e zelar pelo Posto de Coleta, adotando providências para garantir seu adequado funcionamento; conhecer a área geográfica e os setores censitários dos municípios de sua área de atuação.

E mais, ter pleno conhecimento de todas as instruções e conceitos contidos nos manuais técnicos e operacionais; coordenar todas as atividades censitárias e orientar os trabalhos das equipes de campo de sua área de atuação, obedecendo às instruções técnicas, operacionais, administrativas e de informática estabelecidas nos manuais e normas vigentes, sob orientação superior.

E ainda a de organizar e definir as áreas de atuação de cada Agente Censitário Supervisore seus respectivos setores censitários, observando as recomendações e critérios de seus superiores; providenciar para que os mapas das áreas a serem pesquisadas sejam afixados em local visível no Posto de Coleta.

Além de organizar, com os Agentes Censitários Supervisores, o treinamento dos Recenseadores, atuando como instrutor; acompanhar o andamento da coleta de dados nas áreas de atuação de cada Agente Censitário Supervisor e adotar as providências cabíveis, com vistas ao bom andamento dos trabalhos, à total cobertura da área territorial, o cumprimento dos prazos e a qualidade das informações coletadas.

Bem como analisar sistematicamente os relatórios dos sistemas gerenciais e adotar as providências cabíveis, com vistas ao bom andamento dos trabalhos, com estrita atenção à cobertura territorial, aos prazos e padrões de qualidade determinados.

Agente Censitário Supervisor

Já para o cargo de Agente Censitário Supervisor consta a função de planejar, organizar, gerenciar e acompanhar a execução da coleta de dados realizada pelos Recenseadores, fazendo uso dos sistemas disponibilizados e de visitas em campo, quando necessárias, para garantir a cobertura da área territorial, o cumprimento dos prazos e a qualidade das informações coletadas.

E ainda acompanhar os Recenseadores em campo para esclarecer as dúvidas quanto à identificação dos limites dos setores censitários e percursos; c) auxiliar os Recenseadores na solução dos casos de recusa/resistência de informantes em atendê-los; bem como a de colaborar na organização e administração do Posto de Coleta.

O cargo de Agente Censitário Municipal contou com uma remuneração de R$ 1,9 mil. O cargo de Agente Censitário Supervisor teve seu salário inicial definido em R$ 1,6 mil. Ambos os cargos possuíam uma jornada de trabalho de 40 horas semanais.

A retribuição mensal para o cargo de Recenseador foi feita por produção, calculada por setor censitário, conforme taxa fixada e de conhecimento prévio pelo Recenseador, com base nas quantidades de unidades de estabelecimentos agropecuários recenseados.

Como passar no IBGE?

Para as funções de Agente Censitário de Nível Médio e Superior, somente será considerado aprovado no Processo Seletivo Simplificado o candidato que obtiver aproveitamento igual ou superior a 5 (cinco) pontos do total de pontos da Análise de Títulos.

Baixe o edital do Processo Seletivo IBGE para ter acesso ao cronograma e prazos do edital.

O prazo de validade do processo seletivo simplificado, de acordo com o edital do IBGE, será de 2 (dois) anos, contados a partir da data da divulgação do resultado final.

Acompanhe aqui os principais concursos públicos abertos no Brasil

Acompanhe diariamente nossa página para ficar por dentro dos principais editais e Concursos públicos abertos no Brasil e do concurso IBGE 2019. E lembre-se de assinar nosso canal do YouTube para ter acesso aos nossos aulões online, ao vivo e gratuitos, lá tem muita dica para você arrebentar no concurso que você quer fazer. Acesse aqui.

Assessoria de Comunicação Estúdio Aulas

Receba por e-mail EM PRIMEIRA MÃO notícias, editais e inscrições para concursos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.