Concurso IBGE com 208 mil vagas é suspenso

Ainda mais cedo havíamos noticiado o edital de retificação do concurso IBGE com oferta de 208 mil vagas, todavia, o IBGE lançou agora há pouco, o comunicado oficial em que suspense a contratação de 208.695 servidores temporários. A nova seleção ficará para 2021.

A medida foi tomada devido ao grande avanço do coronavírus no país. Segundo o IBGE, o próximo Censo terá como data de referência 31 de julho de 2021. A coleta será realizada entre 1º de agosto e 31 de outubro de 2021.

O concurso IBGE oferta 180.557 vagas para a função de Recenseador, além de 5.462 vagas para a função de Agente Censitário Municipal (ACM) e de 22.676 vagas para a função de Agente Censitário Supervisor (ACS), totalizando 208.695 vagas.

Veja abaixo o comunicado oficial do IBGE:

Em função das orientações do Ministério da Saúde relacionadas ao quadro de emergência de saúde pública causado pelo COVID-19, o IBGE decidiu adiar a realização do Censo Demográfico para 2021.

A decisão leva em consideração a natureza de coleta da pesquisa, domiciliar e predominantemente presencial, com estimativa de visitas de mais de 180 mil recenseadores a cerca de 71 milhões de domicílios em todo o território nacional.
Considera, do mesmo modo, a impossibilidade de realização, em tempo hábil, de toda a cadeia de treinamentos para a operação censitária, cuja primeira etapa se iniciaria em abril de 2020, de forma centralizada, e posteriormente replicada em polos regionais e locais até o mês de julho.

Para a realização da operação censitária em 2021, o IBGE estabeleceu formalmente com o Ministério da Saúde o compromisso de realocar o orçamento do Censo 2020 em prol das ações de enfrentamento ao coronavírus, mantidas por aquele Ministério. Em contrapartida, no próximo ano, o Ministério da Saúde realocará orçamento no mesmo montante com vistas a assegurar a realização do Censo pelo IBGE.   

De modo a contemplar a data de referência dos últimos Censos realizados no Brasil, o próximo Censo Demográfico terá como data de referência o dia 31 de julho de 2021, com coleta de dados prevista entre 1º de agosto e 31 de outubro de 2021.

O processo seletivo para contratação de recenseadores e supervisores está suspenso. Candidatos que já efetuaram pagamento de inscrição serão reembolsados conforme orientações a serem publicadas nos próximos dias.

Conselho Diretor do IBGE
17 de março de 2020

A escolaridade exigida é de nível médio (Agente Censitário) e nível fundamental (Recenseador). A banca organizadora é a Cebraspe. Os candidatos que já fizeram o pagamento da taxa de inscrição de R$ 23,61 e R$ 35,80 serão reembolsados.

Editais IBGE 2020

O primeiro edital lançado em 2020 do IBGE será executado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos Cebraspe-Cespe.

O concurso IBGE 2020 será para contratação temporária de pessoal para o preenchimento de:

  • 5.462 vagas para Agente Censitário Municipal (ACM) – R$ 2.100,00.
  • 22.676 vagas para a Agente Censitário Supervisor (ACS) – R$ 1.700,00.

O processo visa à realização do Censo Demográfico 2020. Para ambos os cargos é exigido ensino médio completo.

Provas de Agente Censitário do concurso IBGE 2020

Os candidatos a uma vaga de Agente Censitário no concurso IBGE 2020 serão avaliados nas seguintes matérias:

  • Língua Portuguesa 10
  • Raciocínio Lógico Quantitativo 10
  • Ética no Serviço Público 5
  • Noções de Administração/Situações Gerenciais 15
  • Conhecimentos Técnicos 25

BAIXE O EDITAL IBGE AGENTE CENSITÁRIO 2020

CURSO COMPLETO PARA AGENTE CENSITÁRIO DO IBGE

Edital Recenseador IBGE 2020

Já o segundo processo seletivo simplificado é para a contratação temporária de pessoal para o preenchimento de 180.557 vagas para a função de Recenseador, para a realização do Censo Demográfico 2020.

Para participar é necessário apenas ensino fundamental completo. Qual o salário do recenseador do IBGE?

Conforme o edital, fica a remuneração do Recenseador será por produção, calculada por setor censitário, conforme taxa fixada e de conhecimento prévio pelo Recenseador, de unidades recenseadas (domicílios urbanos e/ou) rurais), tipo de questionário (básico ou amostra), pessoas recenseadas e registro no controle da coleta de dados. O candidato poderá simular valores de remuneração por meio de link disponível no endereço http://www.cebraspe.org.br/concursos/ibge_20_recenseador .

O que estudar para a prova de Recenseador do IBGE?

Veja abaixo as disciplinas que serão cobradas na prova de Recenseador do IBGE:

  • Língua Portuguesa 10
  • Matemática 10
  • Ética no Serviço Público 5
  • Conhecimentos Técnicos 25

PREPARE-SE: CURSOS PARA O IBGE.

EDITAL IBGE RECENSEADOR 2020

DIFERENÇA ENTRE AGENTE CENSITÁRIO E RECENSEADOR DO IBGE

FUNÇÃO DE RECENSEADOR – NÍVEL FUNDAMENTAL

ATRIBUIÇÕES: cumprir as orientações recebidas por meio do serviço de mensagens no seu dispositivo móvel de coleta; apresentar-se ao informante com o uniforme e o crachá de identificação fornecido pelo IBGE e o documento de identidade citado no crachá; assumir a responsabilidade pela segurança e uso adequado do equipamento eletrônico e acessórios fornecidos pelo IBGE para execução de seu trabalho; coletar as informações do Censo Demográfico 2020 em todos os domicílios do setor censitário que lhe foi atribuído no âmbito da sua Área de Trabalho, registrando-as no dispositivo móvel de coleta, de acordo com as instruções recebidas e dentro do prazo para comparecer ao Posto de Coleta, conforme determinação do Agente 2 Censitário Municipal ou do Agente Censitário Supervisor; manter o sigilo dos dados emitidos pelo informante; dentre outras atribuições previstas em lei.

AGENTE CENSITÁRIO SUPERVISOR (ACS) – NÍVEL MÉDIO

ATRIBUIÇÕES: acompanhar os recenseadores em campo para esclarecimento de dúvidas quanto à identificação dos limites dos setores censitários e percursos, visando à cobertura correta de suas áreas de trabalho; monitorar a produtividade dos Recenseadores; adotar as providências relativas à contratação, prorrogação de contratos e desligamento de Recenseadores; auxiliar os Recenseadores na solução dos casos de recusa ou resistência de informantes em atendê-los; colaborar na organização e na administração do Posto de Coleta; dentre outras atribuições previstas em lei.

AGENTE CENSITÁRIO MUNICIPAL (ACM) – NÍVEL MÉDIO

ATRIBUIÇÕES: acompanhar as atividades da coleta de dados, garantindo a perfeita cobertura da área territorial, o cumprimento dos prazos e a qualidade das informações coletadas; acompanhar o Agente Censitário Supervisor no início da coleta da pesquisa urbanística do entorno de domicílios para obter o conhecimento prático; acompanhar sistematicamente o andamento da coleta de dados nas áreas de atuação de cada Agente Censitário Supervisor, por meio dos relatórios dos Sistemas Gerenciais, e adotar as providências cabíveis, com vistas ao bom andamento dos trabalhos, à total cobertura da área territorial, ao cumprimento dos prazos e à qualidade; equipar, administrar, organizar e zelar pelo Posto de Coleta, adotando providências para garantir seu adequado funcionamento; adotar as providências relativas à contratação, prorrogação de contratos e desligamento de Recenseadores; acompanhar o registro de frequência dos Agentes Censitários Supervisores (ACS) e operar o sistema administrativo existente no Posto de Coleta, dentre outras previstas em lei.

Receba por e-mail EM PRIMEIRA MÃO notícias, editais e inscrições para concursos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.