Secretaria de Fazenda do RS contrata organizadora

Secretaria de Fazenda do RS contrata organizadora.

Saiu o extrato de contratação da empresa que vai realizar o concurso Sefaz RS. A Secretaria da Fazenda do Estado do Rio Grande do Sul, por meio de publicação no Diário Oficial dos Municípios, anunciou a empresa que ficará à frente de seu novo concurso Sefaz RS. A seleção será de responsabilidade da Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciência – Fundatec.

Cargo do Concurso Sefaz RS

O concurso Sefaz RS será para o cargo de Auditor do Estado e ofertará, provavelmente, 50 vagas. Para concorrer é necessário ter formação superior em uma das áreas exigidas pela carreiras, quais sejam: Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Ciências Jurídicas e Sociais ou Administração.

Atribuições do cargo de Auditor

Os candidatos aprovados para Auditoria do Estado deverão, entre outras funções estabelecidas, lavrar termos, intimações, notificações, autos de apreensão, na conformidade da legislação competente; dar início à ação fiscal, executar a auditoria fiscal em relação a contribuintes e demais pessoas naturais ou jurídicas envolvidas na relação jurídico-tributária e constituir o crédito tributário mediante o respectivo lançamento;

Além de exercer a fiscalização repressiva, com imposição das multas cabíveis, nos termos da lei; proceder à apreensão, mediante lavratura de termo, de bens, equipamentos, objetos, livros, papéis e documentos em qualquer meio de armazenamento, inclusive digital ou eletrônico, necessários ao exame fiscal.

Bem como proceder à verificação do interior dos estabelecimentos de contribuintes e demais pessoas vinculadas à situação que constitua fato gerador de tributo; determinar a abertura de móveis, lacrá-los ou removê-los em caso de negativa, até que, mediante colaboração policial ou por via judicial, seja cumprida a ordem;  proceder ao arbitramento do montante das operações realizadas pelo sujeito passivo da obrigação tributária, nos casos e na forma previstos em lei.

Último concurso Sefaz RS

Em 2014, ocorreu o último concurso para o cargo de Auditor da Secretaria de Fazenda do Estado do RS, o concurso público foi novamente de responsabilidade da Fundatec. A validade do concurso Sefaz RS foi de apenas um ano, e já houve a prorrogação,ou seja, o concurso expirou em abril de 2016. Veja abaixo o quantitativo de vagas ofertadas por modalidade de concorrência:concurso sefaz rs

Por Nível Superior em grau de bacharelado de duração plena entenda-se Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Ciências Jurídicas e Sociais ou Administração.

Regime de Trabalho

Os candidatos aprovados e nomeados deverão dedicar-se integralmente às atividades da Secretaria de Fazenda do RS. O Regime de trabalho é de 40 horas semanais, podendo ser exigido o comparecimento ao local de trabalho em sábados, domingos e feriados ou no período da noite, por determinação de superior hierárquico, vedado o exercício de outra atividade pública ou privada, salvo exceções previstas em lei.

Remuneração do Auditor Fiscal da Receita Estadual

Conforme o último edital do Concurso Sefaz RS, a remuneração do cargo de Auditor é estabelecido da seguinte maneira: o vencimento básico mensal é de R$ 10.940,00, além do Prêmio de Produtividade e Eficiência variável de R$ 8.188,94, correspondente ao mês março/2014, mês de lançamento do edital. Ou seja, o Prêmio de Produtividade será atualizado com o valor vigente do mês em que sair o edital.

A remuneração inicial do Auditor Fiscal da Receita Estadual poderá chegar a R$ 20 mil iniciais, pelo vencimento já descrito, além de outros benefícios.

O que foi exigido nas provas do último Concurso Sefaz RS?

O edital elaborado pela Fundatec trouxe uma prova extensa e bastante exigente. Foram cobradas 260 questões divididas em três blocos, veja abaixo:EDITAL SEFAZ RS

Por fim, o terceiro bloco da prova do Sefaz RS exigiu conhecimentos em Legislação Tributária Estadual e Auditoria Contábil e Fiscal:concurso sefaz rs

Para passarem à fase seguinte do concurso, os candidatos tiveram que acertar o mínimo exigido por conjunto de provas, ou seja, 156 pontos, no mínimo,  dos 260 (duzentos e sessenta) possíveis, no conjunto de provas teórico-objetivas do Concurso.

Por ser uma prova longa, aos candidatos foram dados dois período para a realização: Bloco 1- cinco horas para a realização; Bloco 2 e 3- quatro horas para a sua realização.

Critério de Desempate do Concurso

a) na hipótese de candidato com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos, dar-se-á preferência ao de idade mais elevada, nos termos do art. 27 da Lei Federal nº 10.741, de 1º de outubro de 2003;
b) maior pontuação no somatório dos pontos obtidos nas provas teórico-objetivas do BLOCO 3;
c) maior pontuação no somatório dos pontos obtidos nas provas teórico-objetivas do BLOCO 1;
d) maior número de pontos na prova de Legislação Tributária Estadual do RS;
e) maior número de pontos na prova de Auditoria Contábil e Fiscal;
f) maior número de pontos na prova de Tecnologia da Informação;
f) maior número de pontos na prova de Direito Tributário; e
g) sorteio público.

Baixe aqui o último edital do concurso Sefaz RS.

Jornalista Soraia Cantanhede

E não perca o Evento preparado pelo Estúdio Aulas que vai dar o ponta pé inicial na sua preparação para o Concurso da Secretaria de Saúde DF 2018, clique no vídeo abaixo e participe. Hoje, às 20h, horário de Brasília. Imperdível!

Receba por e-mail EM PRIMEIRA MÃO notícias, editais e inscrições para concursos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.