Concurso Senado Federal 2019 é AUTORIZADO

Você não leu errado. O Concurso Senado 2019 está autorizado. A publicação consta na edição de hoje do Diário Oficial, 03 de outubro de 2019.

Leia abaixo todos os detalhes do concurso Senado 2019.


Senado Federal

Concurso Senado 2019

Conforme o Ato de autorização do Concurso Senado 2019, ficam ofertadas as seguintes vagas:

Art. 1º Fica autorizada a realização de Concurso Público para o provimento de 40 (quarenta) cargos efetivos vagos do Quadro de Pessoal do Senado Federal e a formação de cadastro de reserva, assim distribuídos:

I – Técnico Legislativo, Nível II, padrão 21, na especialidade Policial Legislativo, com requisito de escolaridade de nível médio: 24 (vinte e quatro) vagas;

II – Advogado, Nível III, padrão 41, na especialidade Advocacia, com requisito de escolaridade de nível superior: 4 (quatro) vagas;

III – Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Administração, com requisito de escolaridade de nível superior: 2 (duas) vagas;

IV – Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Arquivologia, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 (uma) vaga;

V – Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Assistência Social, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 (uma) vaga;

VI – Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Contabilidade, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 (uma) vaga;

VII – Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Enfermagem, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 (uma) vaga;

VIII – Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Informática Legislativa, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 (uma) vaga;

IX – Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Processo Legislativo, com requisito de escolaridade de nível superior: 2 (duas) vagas;

X – Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Registro e Redação Parlamentar, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 (uma) vaga;

XI – Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Engenharia do Trabalho, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 (uma) vaga;

XII – Analista Legislativo, Nível III, padrão 36, na especialidade Engenharia Eletrônica e Telecomunicações, com requisito de escolaridade de nível superior: 1 (uma) vaga.

Art. 2º O Presidente do Senado Federal designará a Comissão Examinadora do concurso público, aprovará as respectivas instruções e homologará a classificação dos candidatos, referidos no art. 12 do Regulamento Administrativo do Senado Federal.

Art. 3º Na hipótese de surgimento de vaga no Quadro de Pessoal do Senado Federal, fica autorizada a convocação de candidatos aprovados no concurso público de que trata o art. 1º, durante seu prazo de validade, atendendo rigorosamente à:

I – ordem de classificação advinda do concurso;

II – existência de dotação orçamentária;

III – conveniência administrativa.

Art. 4 º Este Ato entra em vigor na data de sua publicação.

Melhor, pelas condições de se desenvolver um bom trabalho, além da remuneração que pode chegar a R$ 32 mil reais, em alguns cargos; mas também é um concurso difícil, dado ao seu grau de exigência em provas. Nesse sentido, quem deseja uma vaga em uma das Casas do Legislativo Federal pode apressar a preparação.

Na Lei Orçamentária de 2017  houve a dotação para novo Concurso Senado com oferta de 60 vagas. Já O Projeto de Lei Orçamentária Anual de 2018 estendeu essa dotação e prevê 70 vagas destinadas ao Senado Federal, que devem ser preenchidas por meio de concurso público. Todavia, esse número também pode aumentar, haja vista o atual déficit da Casa em todas as suas áreas.

Quando vai sair o edital do Senado?

Após essa autorização do Concurso Senado 2019, não há um tempo certo para sair o edital. Mas veja como foi no último concurso do senado.

No último certame, o ato que autorizou a abertura do concurso foi publicado no dia 14 de novembro de 2011.

O edital foi publicado no Diário Oficial da União do dia 23 de dezembro do mesmo ano. As inscrições foram abertas de 26 de dezembro de 2011 a 5 de fevereiro de 2012.

As provas foram aplicadas no dia 11 de março de 2012, nas capitais de todos os estados brasileiros e no Distrito Federal, de forma a garantir amplo acesso dos interessados e uma seleção abrangente.

Aumento de cargos vagos no Senado

Para se ter uma ideia, o número de vacâncias chega a exatos 1.284 cargos (número atual), tabela atualizada nesse mês de setembtro.

Os cargos que sofreram atualização em suas vagas foram de Técnico Legislativo: Processo legislativo, Policial Legislativo, Administração e Informática legislativa. Já de nível superior, os cargos que tiveram aumento foram Analista Legislativo: Administração, Processo Legislativo e Informática Legislativa; Consultor Legislativo em Orçamentos e Assessoramento Legislativo.

Algumas áreas no Senado Federal possuem grande carência de pessoal, conforme breve descrição abaixo e atualização de quantitativo:

Técnico Legislativo (Nível Médio)

– Técnico Legislativo – Processo Legislativo com 221 cargos vagos;
– Policial Legislativo com 154 cargos vagos;
–Técnico Legislativo – Administração 132 cargos vagos;
–Técnico Legislativo – Informática Legislativa com 76 cargos vagos.

Analista Legislativo (Nível Superior)

Em nível superior, para as carreiras de Analistas Legislativo as maiores carências são:
– Analista Legislativo – Administração há 102 cargos vagos;
– Analista Legislativo- Processo Legislativo há 222 cargos vagos;
– Analista Legislativo- Informática Legislativa com 61 cargos vagos;

Consultor Legislativo (Nível Superior)

– Assessoramento em Orçamentos – há 6 cargos vagos;
– Assessoramento Legislativo( diversas áreas)- há 38 cargos vagos.

Totalizando 44 cargos vagos para a função de Consultor Legislativo do Senado.

CURSOS ONLINE PARA O SENADO FEDERAL

Remunerações do Senado Federal

Nível Médio

Técnico Legislativo: R$17.739,69 (inicial) – R$21.239,74 (final)

Policial LegislativoR$17.739,69 (inicial) – R$21.239,74 (final) + gratificações de atividade policial, atividade noturna, etc.

Nível Superior

Analista Legislativo: R$ 23.647,51 (inicial) – R$ 26.801,44 (final)

Consultor LegislativoR$ 30.554,19 (inicial) – R$ 32.063,07 (final)

Todas a estrutura remuneratória do Senado Federal para servidores, comissionados e parlamentares pode ser vista no Portal da Transparência do Senado aqui.

Veja aqui os cursos voltados ao concurso do Senado

Último Concurso Senado Federal

último Concurso Senado Federal teve seu edital divulgado em dezembro de 2011 e, com provas realizadas em 2012, e à época, o certame foi de responsabilidade da Fundação Getúlio Vargas- FGV, baixe aqui editais do concurso Senado 2012.

Aplicação das provas do Senado

Cargo Técnico Legislativo

Na prova do Senado, em 2012, os candidatos tiveram que responder 70 questões objetivas divididas  divididas da seguinte forma: Língua Portuguesa (20), Conhecimentos Gerais (10), Noções de Informática (10) e Conhecimentos Específicos (30), além uma discursiva e redação.

Cargo de Analista Legislativo

Já os candidatos aos cargos de Analista Legislativo foram submetidos a provas objetivas com 80 questões, além de redação, as provas foram assim definidas: Língua Portuguesa, Informática, Inglês e Conhecimentos Específico), sendo somada a prova prática para a especialidade de taquigrafia.

Cargo de Consultor Legislativo

O cargo de maior dificuldade do concurso, sem dúvida, é o de Consultor. Para este cargo, as provas tiveram três partes, a saber: provas objetiva de 80 questões, com Língua Portuguesa, Conhecimentos Gerais e Específicos, Administração e Políticas Públicas, Raciocínio Lógico e Inglês, prova discursiva e prova de análise de títulos.

Concorrência Concurso

Conforme registrou a FGV, o concurso Senado Federal de 2011 teve nada mais do que 157.939 mil candidatos inscritos, sendo que o edital trazia 246 vagas, ou seja, a concorrência foi de 642 candidato por vaga.

Nomeações Senado Federal

Mas a boa notícia é que o Senado Federal tem tradição de nomear muito além das vagas previstas em edital. De acordo com dados extraídos do Portal da Transparência da própria Casa, a tabela de nomeações teve sua última atualização em outubro de 2016.

Senado fez 613 nomeações do concurso de 2011, deste total, 19 nomeações foram tornadas sem efeito, que ocorre quando o candidato é nomeado, mas não toma posse; restando em nomeações efetivas um total de 594 candidatos aprovados e nomeados. 

Se você gostou dessa matéria sobre o Concurso do Senado, compartilhe em suas redes sociais. E lembre-se de assinar nosso canal no Youtube aqui. Todo dia têm aulas online, ao vivo e gratuitas para você.

Acompanhe aqui os principais concursos públicos abertos no Brasil

Acompanhe diariamente nossa página para ficar por dentro dos principais editais e Concursos públicos abertos no Brasil. E lembre-se de assinar nosso canal do YouTube para ter acesso aos nossos aulões online, ao vivo e gratuitos, lá tem muita dica para você arrebentar no concurso que você quer fazer. Acesse aqui.

Assessoria de Comunicação Estúdio Aulas

Receba por e-mail EM PRIMEIRA MÃO notícias, editais e inscrições para concursos!

1 Comentário

  1. jackson alves ferreira

    muito boa…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.