Concurso Senado Federal: comissão já tem “consenso” sobre escolha da banca

Está cada vez mais perto a definição sobre a banca organizadora do concurso do Senado Federal. A disputa ficou entre as organizadoras: Cebraspe (CESPE), FGV e Idecan.

Todavia, conforme informações divulgadas pela Folha, já “existe um consenso em torno de uma instituição para ser contratada”. O Cebraspe (antigo Cespe/UnB) é a banca cotada para organização do maior concurso do ano: concurso Senado Federal.

Saia na frente: CURSOS PARA O SENADO FEDERAL

Concurso Senado Federal

Quais surpresas podemos esperar no edital do concurso Senado Federal?

Um informação confirmada pelo presidente da Comissão do concurso é “que os candidatos interessados busquem ampliar seu conhecimento com as disciplinas e questões pertinentes à carreira pretendida”.

Muitas mudanças devem ocorrer em relação aos últimos editais lançados pela FGV, a ideia é que os candidatos busquem editais mais recentes voltados ao legislativo que tenham sido lançados nos últimos meses para ter uma base mais atualizada de estudos.

Saia na frente: CURSOS PARA O SENADO FEDERAL

Concurso Senado Federal: cargos vagos

Além da definição da banca, o Senado Federal apresenta em seu Portal cerca de 1.463 cargos vagos. Veja a lista de cargos vagos do Senado Federal.

Veja os cargos que vão estar presente estão autorizados e a quantidade de vagas abertas.

Qualquer nível superior

  • Analista Legislativo – Administração (2 vagas autorizadas) – qualquer nível superior – ( 113 cargos vagos)
  • Analista Legislativo – Processo Legislativo (2 vagas autorizadas ) – qualquer nível superior (232 cargos vagos)
  • Registro e Redação Parlamentar (1 vaga autorizada) – qualquer nível superior – (36 cargos vagos)

Cargos de formação específica

  • Advogado (4 vagas autorizadas) – formação em Direito e OAB, possui 6 cargos vagos
  • Arquivologia (1 vaga autorizada), possui 7 cargos vagos
  • Assistência Social (1 vaga), possui 3 cargos vagos
  • Contabilidade (1 vaga ), possui 7 cargos vagos
  • Enfermagem (1 vaga ), possui 5 cargos vagos
  • Informática Legislativa (1 vaga ), possui 69 cargos vagos
  • Engenharia do Trabalho (1 vaga) e possui 3 cargos vagos
  • Engenharia Eletrônica e Telecomunicações (1 vaga), possui 3 cargos vagos.

Nível Médio Senado Federal

Para o concurso de 2020, apenas o cargo de Policial Legislativo exige ensino médio completo, além de carteira de motorista (CNH) mínimo B.

  • Técnico Legislativo – Policial Legislativo (24 vagas autorizadas) – nível médio, possui 178 cargos vagos.

Saia na frente: CURSOS PARA O SENADO FEDERAL

Remuneração do Senado Federal

Um dos principais atrativos para o concurso Senado Federal ser tão disputado tem a ver, dentre outros fatores, com a sua remuneração, veja abaixo a inicial e final dos cargos de nível médio, superior analista e consultor.

Nível Médio

  • Policial LegislativoR$17.739,69 (inicial) – R$21.239,74 (final) + gratificações de atividade policial, atividade noturna, etc.

Nível Superior

  • Analista Legislativo: R$ 23.647,51 (inicial) – R$ 26.801,44 (final)
  • Consultor LegislativoR$ 30.554,19 (inicial) – R$ 32.063,07 (final)

Todas a estrutura remuneratória do Senado Federal para servidores, comissionados e parlamentares pode ser vista no Portal da Transparência do Senado aqui.

Saia na frente: CURSOS PARA O SENADO FEDERAL

Como foi o último edital Senado Federal?

último edital Senado Federal foi divulgado em dezembro de 2011 e, com provas realizadas em 2012, e à época, o certame foi de responsabilidade da Fundação Getúlio Vargas- FGV, baixe aqui editais do concurso Senado Federal 2012.

Onde são realizadas as provas do Senado?

Em seu último certame, o Senado teve provas em todas as capitais. O mesmo deve ocorrer em seu novo concurso com provas no início de 2020. Mas esse critério pode mudar devido à Pandemia do Coronavírus que tem atingido muitos estados.

O que poderia ocorre, então? Nesse caso, vale lembrar que o concurso do Senado em 2008 houve provas apenas nas seguintes cidades: Belém-PA, Belo Horizonte-MG, Brasília-DF, Porto Alegre-RS, Recife-PE, Rio de Janeiro-RJ e São Paulo-SP.

Ou seja, houve aplicação de provas em todas as regiões, mas não em todas as capitais.

Saia na frente: CURSOS PARA O SENADO FEDERAL

Provas de concurso

O estudar para o concurso Senado Federal?

Confira a lista das matérias que foram cobradas no último edital de 2012.

Cargo Técnico Legislativo (Nível Médio)

Na prova do Senado, em 2012, os candidatos tiveram que responder 70 questões objetivas divididas  divididas da seguinte forma:

  • Língua Portuguesa (20),
  • Conhecimentos Gerais (10),
  • Noções de Informática (10) e
  • Conhecimentos Específicos (30),
  • Redação discursiva.

Cargo de Analista Legislativo (Nível Superior)

Já os candidatos aos cargos de Analista Legislativo foram submetidos a provas objetivas com 80 questões, além de redação, as provas foram assim definidas:

  • Língua Portuguesa,
  • Informática,
  • Inglês e
  • Conhecimentos Específico), sendo somada a prova prática para a especialidade de taquigrafia.

Cargo de Consultor Legislativo (Qualquer nível superior)

O cargo de maior dificuldade do concurso, sem dúvida, é o de Consultor. Para este cargo, as provas tiveram três partes, a saber:

  • provas objetiva de 80 questões, com Língua Portuguesa, Conhecimentos Gerais e Específicos, Administração e Políticas Públicas, Raciocínio Lógico e Inglês,
  • prova discursiva e
  • prova de análise de títulos.
Prepare-se: CURSOS PARA O CONCURSO DO SENADO FEDERAL

Último Concurso Senado Federal teve mais de 157 mil inscritos

Conforme registrou a FGV, o concurso Senado Federal de 2011 teve nada mais do que 157.939 mil candidatos inscritos, sendo que o edital trazia 246 vagas, ou seja, a concorrência foi de 642 candidato por vaga.

Nomeações além das vagas do edital

concurso Senado Federal é muito concorrido, mas a boa notícia é que o Senado Federal tem tradição de nomear muito além das vagas previstas em edital. De acordo com dados extraídos do Portal da Transparência da própria Casa, a tabela de nomeações teve sua última atualização em outubro de 2016.

Senado fez 613 nomeações do concurso de 2011, deste total, 19 nomeações foram tornadas sem efeito, que ocorre quando o candidato é nomeado, mas não toma posse; restando em nomeações efetivas um total de 594 candidatos aprovados e nomeados. 

Se você gostou dessa matéria sobre o Concurso Senado Federal, compartilhe em suas redes sociais. E lembre-se de assinar nosso canal no Youtube aqui. Todo dia têm aulas online, ao vivo e gratuitas para você.

Quer sair na frente para o concurso do Senado Federal? Então clique aqui e veja os cursos disponíveis para a sua preparação e com melhor preço do mercado.

Receba por e-mail EM PRIMEIRA MÃO notícias, editais e inscrições para concursos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.