Concurso TRT-RN: FCC será a banca

Concurso TRT-RN: FCC será a banca

Olá concurseiro, boa tarde! Mais um passo dado para a realização do próximo concurso TRT-RN. A Fundação Carlos Chagas – FCC, foi a banca escolhida para organizar o certame. A expectativa é de que o edital seja lançado nas próximas semanais. Veja abaixo a escolha da organizadora publicada no Diário Oficial da União.

 

CONCURSO TRT-RN

Cargos

Ainda não se sabe quais serão os cargos para o concurso TRT-RN, mas já é certo que o certame será para as carreiras de técnico e analista, em diversas áreas de atuação.  Para a carreira de técnico é exigido nível médio, enquanto para analista é exigido nível superior, em qualquer área ou áreas específicas, de acordo com a função.

Das remunerações

As remunerações do concurso TRT-RN são designadas da seguinte maneira: Para o cargo de técnico, a remuneração inicial é de R$ 7.320.20, já com os benefícios inclusos. Para o cargo de analista a remuneração será no valor de R$ 11.444.13, também com os benefícios já inclusos.

Reajustes

Em decorrência da lei 13.317 de 2016, os servidores contarão com mais quatro reajustes, até o início de 2019, respectivamente, em 1º de novembro, 1º de junho de 2018, 1º de novembro de 2018 e 1º de janeiro de 2019. Desta forma, com os atuais valores dos benefícios, os iniciais dos técnicos irão para R$ 7.601,10; R$ 7.887,24; R$ 8.178,65; e R$ 8.475,36. Para os analistas, as remunerações vão para R$ 11.904,90; R$ 12.374,34; R$ 12.852,49; e R$ 13.339,30.

Se inscreva gratuitamente no 1 Simulado Comentado MPU. Acesse aqui.

Último concurso TRT-RN

A expectativa é de que as áreas de atuação para o novo certame sejam as mesmas do concurso anterior, que ocorreu em 2010. Na ocasião foram oferecidas 53 vagas, com um total de 25.645 inscritos. A banca organizadora foi o Cespe.

Ainda no total de cargos, seis foram para técnicos e 47 para analistas. As duas carreiras também contaram com cadastro reserva. Para os técnicos, as opções foram para a área administrativa, que pede apenas ensino médio, sem formação específica, e tecnologia da informação.

Para os analistas, área administrativa, com formação em qualquer área de nível superior, e áreas judiciária, judiciária – execução de mandados, contabilidade, arquivologia, biblioteconomia, comunicação social, engenharia elétrica, medicina – cardiologia, odontologia e tecnologia da informação.

As provas do concurso foram realizadas com 120 questões de certo e errado, abordando conhecimentos básicos e conhecimentos específicos. A prova objetiva foi a única etapa de avaliação do certame.

Clique aqui e conheça os outros cursos do Estúdio Aulas. Repense seu modo de estudar!!

concurso trt-rn

Jornalista: Gabriella da Matta

Receba por e-mail EM PRIMEIRA MÃO notícias, editais e inscrições para concursos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.