DPU prorroga concurso de técnicos e analistas

DPU prorroga concurso de técnicos e analistas.

Saiu na edição de hoje, 20 de setembro, do Diário Oficial da União- DOU- o edital que prorroga a validade do concurso DPU 2016 para os cargos de técnicos e analistas. Com a publicação de hoje, o concurso DPU passa a vigorar até o dia 21 de março de 2019.

Veja as informações na imagem abaixo:

CONCURSO DPU 2016

Concurso DPU

O concurso DPU foi lançado em 2015. Mas passou quase um ano suspenso por determinação judicial. Tendo as provas sido realizadas apenas em janeiro de 2016.

O concurso público ofertou 143 vagas para diversos cargos de nível médio e superior. Deste total, 105 foram para o cargo de agente administrativo, que exigia apenas nível médio completo para a sua participação. O cargo de agente administrativo da DPU tem remuneração inicial de R$ 3.817,98.

Já para cargos de nível superior foram ofertadas 38 vagas distribuídas entre diversas especialidades: Arquivista, Assistente Social, Bibliotecário, Contador, Economista, Psicólogo, Sociólogo, Técnico em Assuntos Educacionais e em Comunicação Social- Jornalismo. Os cargos exigiam para a sua participação formação superior específica, exceto o cargo de Analista Técnico Administrativo, que exigia apenas qualquer nível superior. Para estes cargos a remuneração inicial é de R$ 5.266,18.

O cargo de Economista, entre os de nível superior, teve remuneração diferenciada. Para uma jornada de 40h semanais, a remuneração inicial é de R$ 6.348,27.

Veja aqui como de se tornar um ALUNO VIP do Estúdio Aulas, por apenas R$89,90.

concursos públicos
Seja VIP no Estúdio Aulas

Nomeações concurso DPU

A DPU já nomeou todos os aprovados dentro das vagas do seu concurso vigente. O órgão tem tradição de chamar mais candidatos do que o número previsto de vagas em edital.

No concurso de 2010, por exemplo, o edital ofertou 311 vagas e houve 954 aprovados nomeados durante a validade do concurso.

Mais vagas para a DPU

Tramita na Câmara dos Deputados o projeto de Lei de nº 7922/14 que cria 2.751 cargos para a Defensoria Pública da União. Deste total, 16.59 são para cargos de analista (nível superior) e 1.092 cargos de técnico (nível intermediário). O projeto foi aprovado na Comissão de Finanças e Tributação e, atualmente, está para ser apreciado na CCJ da Câmara e votado em Plenário. Veja aqui o trâmite do projeto de Lei de nº 7922/14.

Jornalista Soraia Cantanhede

Receba por e-mail EM PRIMEIRA MÃO notícias, editais e inscrições para concursos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.