Portaria fixa o quantitativo de pessoal para o Banco do Brasil

Foi publicada hoje, 31 de março, no Diário Oficial da União, a Portaria Nº 8.775, DE 30 DE MARÇO DE 2020, que fixa o quantitativo de pessoal próprio do Banco do Brasil (BB).

De acordo com a Portaria, fica estabelecido o limite para o quadro de pessoal próprio do Banco do Brasil S.A. – BB em 102.681 (cento e dois mil seiscentos e oitenta e um reais) vagas.

Para fins de controle do limite do quantitativo de pessoal da empresa pública federal são considerados:

I. os empregados efetivos admitidos por concursos público;

II. os empregados efetivos admitidos sem concurso antes de 5.10.1988;

III. os empregados que possuem cargos, empregos ou funções comissionadas;

IV. os empregados que estão cedidos ou disponibilizados para outros órgãos ou entidades;

V. os empregados cedidos ou requeridos de outros órgãos ou entidades;

VI. os empregados anistiados com base na Lei nº 8.878, de 11.5.1994;

VII. os empregados readmitidos e reintegrados;

VIII. os empregados contratados por prazo determinado (temporários);

IX. os empregados ou servidores movimentados para compor força de trabalho conforme disposto no art. 93, § 7º, da Lei nº 8.112/90; e

X. os empregados com contrato de trabalho interrompido ou suspenso, à exceção dos empregados com contrato de trabalho suspenso por motivo de aposentadoria por invalidez.

A Portaria determina ainda que compete à empresa gerenciar seu quadro de pessoal próprio, praticando atos de gestão para contratar ou desligar empregados, desde que observado o limite estabelecido no Art. 1º, as dotações orçamentárias aprovadas para cada exercício, bem como as demais normas legais pertinentes.

Concurso Banco do Brasil: edital pode sair em maio

O novo concurso público do Banco do Brasil deve ficar para maio– Concurso Banco do Brasil. A previsão inicial datava o lançamento do edital BB para o mês de março, todavia, os candidatos terão que esperar um pouco mais, devido à crise do Coronavírus.

Conforme informações, ainda estão sendo resolvidas “algumas questões burocráticas”, antes do lançamento do edital. O concurso Banco do Brasil vai ter abrangência nacional.

Apesar do pequeno atraso, a fonte ligada ao BB garantiu que o edital segue confirmado. No entanto, ela ainda não informou o quantitativo de vagas e a organizadora do concurso. Os últimos editais do Banco do Brasil foram de responsabilidade da Fundação Cesgranrio.

A porta de entrada no BB é o cargo de Escriturário, independentemente do perfil que o banco busca, tem requisito de nível médio. Ou seja, não há requisito de nível técnico e nem superior para concorrer ao cargo. Leia abaixo mais detalhes sobre os requisitos do cargo de Escriturário do BB.

Prepare-se: cursos para o Banco do Brasil

Concurso Banco do Brasil (BB)

cargo de Escriturário do Banco do Brasil exige apenas nível médio completo e tem salário inicial de R$ 4032,73, sendo R$ 2.718,73 de vencimento (último concurso) por regime de trabalho de 30 horas semanais, mais benefícios de auxílio alimentação-refeição de R$ 1.314,00.

Além do salário, o escriturário do BB recebe ainda:

  • Auxílio-transporte (variável de acordo com a localidade do funcionário);
  • Participação nos lucros (geralmente, paga duas vezes ao ano)
  • Plano de saúde e odontológico;
  • Previdência privada com participação do banco;
  • Auxílio creche/babá
  • Auxílio ao filho com deficiência;
  • Possibilidade de ascensão profissional.

Prepare-se: CURSO PARA O BANCO DO BRASIL

Como são as provas do Concurso Banco Brasil

Nas provas do concurso do Banco do Brasil poderão ser cobrados conhecimentos na área de tecnologia da informação.

O questionário sobre essa área específica já tinha sido apresentado no concurso anterior, mas na época foram cinco questões. As novas informações dão conta que o novo certame poderá ter 25 questões sobre a área da informática.

Mas como foi a última prova do Banco do Brasil? Confira quais as disciplinas foram cobradas no último concurso Banco do Brasil.

último concurso promovido pelo Banco do Brasil ocorreu há 2 anos e teve mais de 127 mil inscritos. A seleção abriu somente 30 vagas imediatas e formação de cadastro reserva na carreira de Escriturário para lotação nas cidades de Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP). A Fundação Cesgranrio foi quem coordenou a seleção.

A organização foi de responsabilidade da Fundação Cesgranrio.

CLIQUE AQUI E BAIXE O ÚLTIMO
EDITAL BANCO DO BRASIL

As provas objetivas foram aplicadas nas cidades de Belém-PA, Belo Horizonte-MG, Brasília-DF, Campinas-SP, Curitiba-PR, Fortaleza-CE, Porto Alegre-RS, Recife-PE, Rio de Janeiro-RJ e São Paulo-SP, e tiveram 70 questões de múltipla escolha – 20 de conhecimentos básicos e 50 de conhecimentos específicos; além de uma redação.

Prepare-se: CURSO PARA O BANCO DO BRASIL

O que estudar para o concurso Banco do Brasil?

Caso a metodologia do novo concurso Banco do Brasil seja igual a do último, a prova objetiva de Conhecimentos Básicos, com valor total de 25 pontos, incluirá as seguintes disciplinas:

a) Língua Portuguesa: 5 questões com valor de 1,0 ponto cada, subtotalizando 5,0 pontos

b) Língua Inglesa: 5 questões com valor de 1,0 ponto cada, subtotalizando 5,0 pontos

c) Matemática: 5 questões com valor de 2,0 pontos cada, subtotalizando 10,0 pontos

d) Atualidades do Mercado Financeiro: 5 questões com valor de 1,0 ponto cada, subtotalizando 5,0 pontos.

Já na parte de Conhecimentos Específicos, com valor total de 75 pontos, deverão ser cobradas as disciplinas de:

a) Probabilidade e Estatística: 20 questões com valor de 1,5 ponto cada, subtotalizando 30,0 pontos

b) Conhecimentos Bancários: 5 questões com valor de 1,5 ponto cada, subtotalizando 7,5 pontos

c) Conhecimentos de Informática: 25 questões com valor de 1,5 ponto cada, subtotalizando 37,5 pontos

Já na etapa discursiva – redação é cobrado um texto em prosa do tipo dissertativo-argumentativo que avalia os seguintes termos:

a) adequação ao tema proposto

b) adequação ao tipo de texto solicitado

c) emprego apropriado de mecanismos de coesão (referenciação, sequenciação e demarcação das partes do texto)

d) capacidade de selecionar, organizar e relacionar de forma coerente argumentos pertinentes ao tema proposto

e) pleno domínio da modalidade escrita da norma-padrão (adequação vocabular, ortografia, morfologia, sintaxe de concordância, de regência e de colocação).

Prepare-se: CURSO PARA O BANCO DO BRASIL

Receba por e-mail EM PRIMEIRA MÃO notícias, editais e inscrições para concursos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.